Modelo que aparece gritando com policiais em festa clandestina já foi expulsa por Dua Lipa de show nos EUA

Modelo que aparece gritando com policiais em festa clandestina já foi expulsa por Dua Lipa de show nos EUA

Lembram do caso da modelo que alegou ter sido expulsa de um show da Dua Lipa em 2018 por usar uma camisa #EleSim? Então, ela voltou aos holofotes hoje (12), por participar de uma festa clandestina no Jardins, bairro nobre da cidade de São Paulo.

Liziane Gutierrez é bolsonarista assumida e apareceu em um vídeo gritando com policiais que acabaram com a festa. A mulher ofende os policiais com palavrões e manda eles “irem para a favela”. Confira o vídeo:

Na época que Liziane foi expulsa do show de Dua em Las Vegas, ela se pronunciou indignada e disse que iria “procurar por justiça”. Mas até hoje, nenhuma medida legal foi tomada contra a cantora.

“Eu fui convidada pro show da Dua Lipa que eu amo as músicas, estava entre a área reservada e uma outra bem na frente do palco. Na segunda música do show uma das seguranças pediu pra eu me retirar e eu perguntei o motivo até que a segurança após falar com alguém perguntou o que eu estava vestindo por baixo da minha blusa, e se eu poderia retirar minha t-shirt senão teria que me retirar dessa área separada, como estava com a minha mãe e realmente fiquei em estado de choque, fingi que nada aconteceu e fui assistir o final do show na área normal.”

A brasileira tem histórico de tretar com artistas internacionais. Em 2016, ela recebeu R$70 mil dólares em processo contra Chris Brown. Ela alegou que foi agredida pelo americano na mesma cidade do acontecido com Dua, Las Vegas, durante uma festa num hotel de luxo.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<