Advogado de Britney Spears revela que vai se retirar do caso da cantora após 13 anos

Mais um nome ligado à polêmica tutela de Britney Spears está decidindo abrir mão do cargo e dessa vez foi uma das peças mais importantes da tutela de Britney, seu próprio advogado.

Segundo o TMZ, o advogado já protocolou o pedido de demissão, que deverá ser confirmado pela corte americana nos próximos dias. No documento , protocolado por Samuel D. Ingham III, é possível ler que o advogado afirma interesse em querer sair do caso de Britney assim que o juiz permitir, apresentando sua renúncia oficialmente, assim que Britney conseguir um novo advogado.

>>> Kim Kardashian teria oferecido ajuda jurídica para Britney Spears

Fontes próximas ao TMZ, revelaram Ingham está extremamente chateado com a declaração de Britney no tribunal, principalmente de que ela nunca soube que poderia acabar com a tutela. O TMZ informou que as fontes afirmaram que Ingham regularmente dava opções a Britney, incluindo solicitar o fim da tutela, mas supostamente, ela nunca quis interromper o processo.

Conforme apurado pelo The New York Times, o advogado da cantora recebeu cerca de 3 milhões de dólares durante esses 13 anos para cuidar da defesa da artista.

>>> The NY Times afirma que advogado de Britney Spears nomeado pelo governo já recebeu mais de US$ 3 milhões

Samuel será o terceiro nome a se desassociar de Britney, já que a Bessemer Trust, empresa que cuidaria da tutela da cantora junto com seu pai, recusou o processo. Larry Rudolph, empresário de longa data da artista também se demitiu no início desta madrugada(06).

>>> Empresário de Britney Spears pede demissão e revela que cantora quer se aposentar

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<