Instituição de saúde mental recusa doações de Jamie Lynn Spears em apoio a Britney

Jamie Lynn Spears fez parte da infância de milhões de jovens com o sucesso da série Zoey 101 da Nickelodeon, mas após a repercussão do movimento #FreeBritney na internet a cantora de “Sleepover” foi duramente criticada pela mídia e admiradores da cantora Britney Spears após ser considerada cúmplice de seu pai no processo de conservadoria que tornou-se um escândalo na luta pelo direitos civis da interprete de “…Baby One More Time”.

A irmã de Spears anunciou que os lucros de seu livro a ser lançado “Things I Should Have Said” seria convertida em doações para a instituição de saúde mental “This Is My Brave” que visa manter em evidência as discussões sobre saúde mental, mas poucos dias depois de tal declaração a organização se pronunciou através das redes sociais recusando a oferta de Jamie.

“Nós ouvimos vocês. This Is My Brave foi recentemente recomendado para ser uma organização beneficiária para os rendimentos do próximo livro de Jamie Lynn Spears. Decidimos recusar a oferta de recebimento dos recursos da venda do livro.” anunciou o projeto através de uma curta nota.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets