Vanessa Hudgens causa indignação ao comentar sobre o coronavírus: “As pessoas vão morrer, mas… é inevitável”

A estrela de “High School Musical” Vanessa Hudgens gerou assunto o suficiente para entrar nos trending topics do Twitter hoje (17). Em uma live feita em seu Instagram ontem (16), a atriz foi direta ao expressar a sua opinião sobre o que pode ser exigido da população norte-americana para previnir o contágio do COVID-19, o coronavírus.

Ao responder um fã que comentava sobre a situação de quarentena possivelmente ser estendida até julho nos Estados Unidos, Vanessa declarou:

“Bom, é, até julho me soa muito como uma grande m*rda, me desculpe, mas assim, é um vírus, eu entendo e respeito, mas ao mesmo tempo, mesmo que todo mundo contraia… Sim, as pessoas vão morrer, o que é terrível, mas é inevitável?! Eu não sei, talvez eu não devesse estar falando isso agora.”

O comentário viralizou nas redes sociais, enquanto fãs mostravam frustração com os dizeres da atriz e julgavam como irresponsabilidade a afirmação feita na live, que parecia menosprezar a situação.

Já na tarde de hoje, Vanessa publicou um nov vídeo comentando a repercussão gerada a partir das falas da noite anterior.

“Oi gente. Então, ontem eu fiz uma live em meu Instagram e eu percebi hoje que alguns dos meus comentários foram tirados de contexto. É um período louco, é um período bem louco e eu estou em casa, trancada, e é isso que eu espero que todos vocês estejam fazendo também, em total quarentena, sãos e salvos. Não levem essa situação de forma leve, de forma alguma. Eu estou em casa, então fiquem em casa todos vocês.”

Como um segundo pedido de desculpas, a atriz também falou sobre o ocorrido em seu Twitter:

“Olá gente. Peço perdão pela maneira como ofendi qualquer um que tenha assistido ao trecho da minha live no Instagram de ontem. Eu percebo que minhas palavras foram insensíveis e nada apropriadas para a situação em que nosso país e o mundo se encontra agora. Isso serviu como um grande despertar sobre a significância que as minhas palavras possuem, agora mais que nunca. Estou mandando os meus desejos para que todos permaneçam seguros e saudáveis durante esse período louco.”