Rayssa Leal teria se negado a tirar fotos com políticos maranhenses por falta de apoio em sua trajetória

Rayssa Leal teria se negado a tirar fotos com políticos maranhenses por falta de apoio em sua trajetória

Após encantar a todos em Tóquio, Rayssa Leal chegou nessa quarta-feira (28) ao Brasil e logo seguiu para seu estado, Maranhão. Nas redes sociais, a skatista pediu para seus admiradores não irem ao seu encontro, por conta da aglomeração que causaria em tempos de pandemia. Porém, um colunista afirmou que a jovem também se negou a tirar fotos com políticos locais.

Segundo Léo Dias, do Metrópoles, Rayssa e a família teriam se negado a associar a imagem a skatista com os políticos maranhenses pois nunca houve apoio dos mesmos durante a trajetória da jovem atleta no esporte. Dias ainda afirma que o pai da medalhista olímpica ia com frequência à Secretaria de Esportes de Imperatriz buscar auxílio, mas nunca obteve respostas.

Ainda segundo as informações do colunista, o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, gostaria de ter organizado uma recepção para a Fadinha, mas a família não aceitou pelos mesmos motivos citados acima.

Rayssa Leal, de apenas 13 anos, foi a atleta mais jovem do Brasil a receber uma medalha nos Jogos Olímpicos. Na estreia do skate nas Olimpíadas, a Fadinha ganhou medalha de prata, ficando atrás, apenas, de uma atleta japonesa.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<