Apresentador Spartakus alega racismo em abordagem policial: “Chegaram com a arma na minha cara”

Apresentador Spartakus alega racismo em abordagem policial: “Chegaram com a arma na minha cara”

No início desta tarde de segunda-feira (04), o apresentador e YouTuber Spartakus, utilizou suas redes sociais para fazer uma denuncia de injúria racial que sofreu por parte da polícia de São Paulo, durante um passeio.

O rapaz alegou que estava parado em um local, enviando uma mensagem para um amigo, quando a polícia local teria chegado fazendo uma abordagem completamente agressiva, apontando a arma para o rosto do apresentador, que ficou assustado com a atitude dos agentes de segurança.

Spartakus começou a filmar a abordagem quando os policiais estavam supostamente tentando contato por rádio com a central da Polícia Militar para verificar sua identidade. Segundo o Metrópoles, Spartakus não portava documentos de identificação no momento.

“Esses dois policiais vieram apontando a arma pra mim, me tratando como se fosse um bandido. Trataram como atitude suspeita porque fiquei 10 minutos parado mexendo no celular”, revelou o apresentador da MTV Brasil.

Confira:

Procurada pelo site Metrópoles, a Secretaria Estadual de Segurança Pública ainda não se manifestou sobre o episódio.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<