Produtor de Beyoncé revela que versão original de “6 Inch” seria bem mais “picante” que “Partition”

Produtor de Beyoncé revela que versão original de “6 Inch” seria bem mais “picante” que “Partition”

Sabemos que Beyoncé se esquiva de polêmicas, mas não deixa de usar uns bons burburinhos ao seu favor e foi assim com algumas das faixas da cantora, afinal quem lembra de “Flawless (Remix)” onde a texana debochou do barraco que rolou dentro do elevador com sua irmã mais nova, Solange Knowles e Jay Z?

O produtor que trabalhou com a cantora, no “BEYONCÉ” e no “Lemonade”, The Dream, fez uma revelação pra lá de curiosa durante uma entrevista. Segundo Dream, a versão original da faixa “6 inch” é bem diferente da edição que recebemos no sexto disco de estúdio da Queen B. O produtor afirmou que foi preciso fazer alterações na faixa pois ela ficou mais “safada” que “Partition”.

“Partition” faz parte do quinto álbum de estúdio de Beyoncé e é considerada uma das letras mais picantes de Beyoncé, fazendo referências ao icônico vestido azul da ativista americana Monica Lewinsky, onde notou-se que o modelito da moça estava sujo de esperma. Segundo rumores, a ativista havia acabado de ter uma relação sexual com até então presidente, Bill Clinton. A música fala sobre o motorista levantar a divisória do carro para não ter olhar um ato de sexo oral.

The Dream relembra que Beyoncé foi a grande responsável por escrever a letra de “Partition” e decidiu fazer o mesmo com “6 Inch”, mas desta vez, de uma forma bem mais explicita.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<