#PFBRchoice – Relembre 16 músicas que você curtiu muito na infância e que completam 10 anos em 2016

O tempo passa e com ele caminhamos todos juntos novas músicas surgem, novos hits, mas aquele sentimento de nostalgia nunca realmente passa.

Já é 2016, o que significa que faz muito tempo desde que éramos crianças e as músicas que costumávamos performar na frente do espelho – de preferência com paninhos na cabeça – dominavam as rádios, e, para fazê-los recordar desses bons tempos, e para não perdermos nunca o bom costume, separamos dezesseis músicas que, este ano, completarão dez anos! Dá para acreditar que já faz uma década!?

Estamos mesmo ficando velhos, viu… Confira abaixo:

JOJO – TOO LITTLE TOO LATE

Essa é dos tempos que JoJo ainda não estava no mesmo barco que a Kesha, lutando para se desvencilhar de um contrato abusivo, e vivia no topo das paradas de rádio com baladinhas deliciosas e bem-selecionadas. Reproduzir o clipe de frente a uma janela, quem nunca?

GWEN STEFANI – THE SWEET ESCAPE (FEAT. AKON)

Ah, Gwen… Por onde a antiga você anda? ?

RIHANNA – UNFAITHFUL

Rihanna era um caso a parte em seu início de carreira: bem inocente, bem garotinha, ela costumava encantar o público com canções de partir até o mais gélido coração como Unfaithful, presente em seu segundo álbum de estúdio, A Girl Like Me, e que ainda é, merecidamente, uma das pérolas mais pedidas em seus shows.

CHERISH – DO IT TO I (feat. Sean Paul)

Como diria a ilustre Mulher Pepita… “Vamos dançar?”

CHRISTINA AGUILERA – AIN’T NO OTHER MAN

Só nós já quase esgoelamos a nós próprios e perdemos a voz por dias a fio tentando atingir todas as notas altas desta?

JUSTIN TIMBERLAKE – SEXYBACK

Das referências à Madonna no videoclipe à própria “SexyBack” do Justin, essa preciosidade da época de ouro do Timbaland é uma explosão de sex appeal que ninguém nunca irá conseguir realmente superar.

FERGIE – LONDON BRIDGE

Nós somos muito damas sim, mas quando dançamos como vadias, ah, sai de baixo…

THE PUSSYCAT DOLLS – BUTTONS (FEAT. SNOOP DOGG)

Buttons nos faz desejar uma de duas coisas: que o grupo não tivesse debandado ou a carreira solo da Nicole Scherzinger decolado.

SHAKIRA – HIPS DON’T LIE (FEAT. WYCLEF JEAN)

Já estão sentindo o gingado latino? Cuidado para não machucarem os próprios quadris!

THE BLACK EYED PEAS – PUMP IT

Só nós ainda queremos ter um carro para disputar corridas enquanto gritamos “LOUDER” igual no clipe?

NELLY FURTADO – PROMISCUOUS (FEAT. TIMBALAND)

O que dizer dessa época da Nelly, hein? Saudades define…

BEYONCÉ – IRREPLACEABLE

“To the left, to the left…”: nunca esqueçam quando Beyoncé nos ensinou, já novinhos, o que fazer e o que não fazer para evitar o famoso papel de trouxa.

LILY ALLEN – SMILE

Lily Allen já é ácida hoje, mas quando bombou lá em 2006 parecia até algo de outro mundo. A britânica, que escondia letras sagazes e irônicas atrás de melodias delicadas e não tinha papas na língua, nem quando o assunto era Cheryl (na época Tweedy) ou seu irmão Alfie, conquistou nossa simpatia mesmo quando pensávamos, em nossa ingenuidade infantil, que Smile era uma das músicas mais “românticas” do mundo inteiro.

AMY WINEHO– USE – REHAB

…?

P!NK – NOBODY KNOWS

Melhor época da P!nk, SIM OU CLARO? ?

RBD – SER O PARECER

Tem algo que grita mais infância que RBD? É incrível acreditar que já faz dez anos que estávamos trocando figurinhas, comprando identidades falsas com a cara da Mia e performando todas as músicas dos CDs em nossos quartos que, por sua vez, eram repletos dos mais variados pôsteres da banda. Ahhhhh… Bons tempos, não?

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets