Grupos criam prints fakes envolvendo fãs de Ludmilla para tentar desviar a atenção dos ataques que a cantora recebe, além de minimizar a causa; entenda

Na noite de ontem (18), a cantora Ludmilla desativou suas redes sociais após receber ataques racistas, a hashtag “ESTAMOS COM VOCÊ LUDMILLA” foi levantada no Twitter pelos fãs da artista e apoiada por outros fandons, acontece que um grupo de pessoas espalhou prints fakes na tentativa de desviar o foco da discussão.

Confira:

Acontece que os prints que circularam pela internet são claramente falsos, a artista sofreu os ataques durante à tarde da sexta-feira (18), desativando suas redes no inicio da noite por volta das 21h, nas imagens é possível ver o horário em que o grupo havia supostamente começado, às 22:30h, quando já havia mais de 1 hora da desativação das mídias sociais da cantora, impossibilitando assim qualquer ação que eles afirmam estar executando na imagem:

Os ataques não ocorreram nessa hora

A essa altura até a hashtag em apoio já havia sido levantada, a qual logo foi iniciada pouco tempo após os fãs da cantora notarem seu sumiço nas redes. sendo ainda “abraçada” por fã bases de outros artistas como os de Iza e da drag queen Pabllo Vittar, chegando aos trends topics do twitter em pouco tempo:

Hashtag já estava em alta às 22h

Outro fator que chama atenção são os números dos contatos borrados, se a intenção era supostamente expor o grupo não existe razão para protegê-los privando suas identificações. Hoje em dia a manipulação por meio de supostos “prints” acabou se tornando comum, no ano passado a cantora Iza já foi alvo da máfia de manipuladores, eles divulgaram imagens de tweets homofóbicos supostamente postados pela artista em 2013, mas seu twitter só havia sido criado em 2016.

Exemplo de manipulação ocorrida ano passado, Iza nem tinha twitter nessa época, parece que o grupo tem problemas com data e hora

Ninguém sabe quem são, mas algum grupo de manipuladores digitais parecem tentar incessantemente descredibilizar os artistas negros, através de montagens para tirar seu local de fala e abafar as discussões raciais, colocando ainda a vitima como culpada pela situação.

>>> Já segue o PFBR no Facebook? Não? Tá perdendo varias novidades. Deixa seu like!

>>> Sabia que a gente tá comentando tudo sobre BBB no Twitter? Vem!