Após sofrer ataques racistas, Ludmilla desativa suas redes sociais; cantora vem sendo vitima há anos; confira

A cantora e compositora Ludmilla vem sofrendo ataques racistas há anos, e na tarde dessa sexta-feira (18), internautas foram as suas redes sociais cometer o crime contra ela, fazendo uso de forma pejorativa de palavras como “macaco” e “banana”.

Depois do ocorrido a artista acabou desativando todas as suas redes sociais, a hashtag “ESTAMOS COM VOCÊ LUDMILLA” foi levantada no Twitter. Na noite de sexta-feira (18), foi revelado pela equipe da cantora que os comentários criminosos serão encaminhados à justiça, confira a nota publicada pela sua assessoria:

Nota publicada pela assessoria

Lembrando que racismo é crime no Brasil e sua lei é a de número Nº 7.716, criada em 5 de janeiro de 1989.

Em julho desde ano Ludmilla já havia postado um vídeo em seu Instagram ao qual denunciava os ataques publicamente, e em novembro durante a sua performance no “Prêmio Multishow de Música Brasileira”, a cantora usou o espaço para realizar um protesto contra o racismo, onde artistas como a atriz Taís Araújo apoiaram a causa. Confira:

>>> Já segue o PFBR no Facebook? Não? Tá perdendo varias novidades. Deixa seu like!

>>> Sabia que a gente tá comentando tudo sobre BBB no Twitter? Vem!