Barro e Luisa Nascim lançam “De novo”

Barro e Luisa Nascim lançam “De novo”

“E o povo tá querendo se encontrar de novo, tá querendo se beijar. E o povo tá querendo se amar de novo, tá querendo se pegar”. Assim é o refrão de ” De novo”, nova música de Barro com Luísa Nascim (da banda Luísa e os Alquimistas) que nos transporta para um futuro (tomara que próximo) de felicidade, curtição e reencontros. O single é o primeiro do projeto “Pop Nordeste”, em que Barro trabalha as sonoridades populares locais com ligações entre matrizes rítmicas ancestrais e os sons contemporâneos. 

Barro e Luisa Nascim lançam “De novo”
Foto Will Souza

“De novo” chega em todas as plataformas através do selo Zelo em parceria com a Altafonte e tem clipe dançante dirigido por Luara Olívia e Bruno Veras. A track celebra a união de duas personalidades da nova cena nordestina. Pernambuco e Rio Grande do Norte pulsando cultura e muito som. 

Os artistas foram na fonte para produzir o single. Recrutaram Marley no Beat – um dos principais beatmakers da Tropa, da dupla Shevchenko e Elloco – e TomBC, produtor pernambucano que passeia principalmente entre o trap e o brega- funk. Para mixagem, chamaram Wr no Beat, o principal engenheiro de som desta vertente. O resultado é um som genuíno, cheio de swing e com aquele beat impossível de ficar parado. 

Barro vem criando uma nova linguagem atenta à sonoridade da sua cidade, entendendo a diversidade da matriz pernambucana há alguns anos e começa com este single seu mais novo projeto. “No ‘Pop Nordeste’ vou unir sempre um nome da nova cena pop em faixas com o som da minha terra”, adianta o cantor e compositor. Ele exalta a força do brega-funk nos últimos anos e acredita que o ritmo despontou nacionalmente como “um dos movimentos mais fortes e representativos desde o Manguebeat”, avalia. 

“Há cerca de dois anos, venho interagindo e criando com essa dupla genial de produtores e esta faixa surgiu exatamente neste compartilhamento de ideias e pelo interesse pelo brega-funk. Em ‘De novo’ a gente busca unir este o ritmo à uma estética absolutamente pop”, afirma Barro.

“Quando Barro chegou com essa composição, de cara já fiquei super feliz com a letra e melodia. Depois ainda veio o beat dos meninos para deixar tudo ainda mais interessante”, lembra Luísa Nascim. “Pra mim é um prazer estar envolvida numa produção com essa turma de Pernambuco e neste momento tão sombrio, acho que todo mundo está mesmo querendo se amar de novo. Vamos abalar!”. 

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<