Após ira dos fãs de Taylor Swift, Variety bloqueia comentários em publicação sobre Scooter Braun no Instagram

Após ira dos fãs de Taylor Swift, Variety bloqueia comentários em publicação sobre Scooter Braun no Instagram

Os fãs de Taylor Swift estão dispostas a travar uma eterna batalha com Scooter Braun, principalmente após o empresário ter adquirido todos os direitos da Big Machine Records e com ela, os direitos sob as faixas de Taylor Swift.

A Variety decidiu conversar sobre a carreira de sucesso de Scooter como empresário de grandes artistas, tais como Justin Bieber, Ariana Grande, Demi Lovato, J Balvin e outros. Tudo ia muito bem até a revista questionar o passado de Scooter com Taylor Swift, relembrando a briga que o empresário teve com a artista na época da venda dos masters da loirinha, que inclusive teve a oferta recusada por Swift, já que Braun continuaria recebendo uma porcentagem pelas canções.

>>> Scooter Braun diz ter ficado “triste” com a reação de Taylor Swift sobre a venda de seu catálogo

A tentativa da Variety de mostrar o lado do empresário não deu muito certo e provocou a ira dos fãs da Miss Americana, que bombardearam a sessão de comentários da revista no Instagram, obrigando a mídia online a bloquear a possibilidade de comentários. Quem for tentar comentar algo na foto de Scooter na conta da Variety, não vai conseguir localizar a caixa de comentários.

No Twitter a frustação foi a mesma e como não é possível bloquear ações, os fãs de Taylor detonaram a revista e o empresário. A ação de Scooter sobre os direitos de Taylor Swift levou a artista a regravar seis dos seus nove álbuns de estúdio, que estão sendo nomeados como “Taylor’s Version”. A mais recente estreia foi o “Fearless”, que chegou quebrando recordes em todo o mundo e recentemente, a cantora anunciou o “Red (Taylor’s Version”), que será lançado em novembro deste ano e trará 30 faixas!

>>> Incluindo a versão estendida de “All Too Well”, Taylor Swift anuncia a regravação do álbum “Red”

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<