Selena Gomez, Halsey, Azealia Banks e outros famosos saem em defesa de Taylor Swift; confira

Como recentemente veiculado pelo nosso site, o empresário Scooter Braun impediu Taylor Swift de performar todo seu catálogo de músicas pertencentes da Big Machine Records, sua mais nova aquisição. A norte-americana publicou uma carta aberta que emocionou seguidores e até mesmo grandes artistas do mainstream.

Tinashe, Halsey, Lily Allen, Gigi Hadid e outros famosos saíram em defesa da intérprete de “Lover”. Confira os principais logo abaixo.

“Não estamos apenas olhando para uma péssima mudança nos negócios (porque alguém seria incentivado a permitir que Taylor performasse suas músicas, visto que isso direcionaria a redescoberta de um catálogo do qual atualmente eles lucram?), mas isso é apenas cruel. Isso é castigo. Isso espera silenciá-la de falar sobre as coisas balançando isso sobre sua cabeça. Essas pessoas são protegidas porque inspiram cumplicidade com medo. Confiando na ilusão de que as pessoas não a defenderão. Que o mundo dirá que ela está reagindo demais. Você está latindo na árvore errada. É a nota dela e paciência, são esses momentos que a tornam Artística da Década.”, declarou Halsey.

“Nossa, essa situação da Taylor Swift simplesmente me fez chorar. Eu tô me sentindo mal pra c* por ela. Nossa… Só nossa. Deus.”, Azealia Banks.

“Fod**-se isso. Nós estamos com você.”, Tinashe.

“Espero que todos compartilhem e apoiem Taylor Swift. A música é dela!”, Jade Jolie.

“Scott e Scooter, vocês sabem qual a coisa certa a se fazer! Taylor e seus fãs merecem celebrar a música”, Gigi Hadid.

“Solidariedade com Taylor aqui, isso parece horrível, e as pessoas se perguntam por que a música não teve seu momento #MeToo?”, Lily Allen.