Segundo TMZ, Scooter Braun tentou acordo com Taylor Swift: "ela está em busca de sangue"

Após Taylor Swift desabafar sobre o que vem sofrendo em suas redes sociais, o TMZ publicou uma matéria exclusiva em que afirma saber mais detalhes sobre a confusão envolvendo suas músicas e direitos negados por Scooter Braun.

Como recentemente veiculamos pelo nosso site, a norte-americana publicou em suas redes sociais um desabafo, onde conta que estava preparando um medley de sucessos para o American Music Awards 2019, mas foi impedida pela Big Machine Records, alegando que só autorizaria o conteúdo se ela parasse de citar seus presidentes (Scooter Braun e Scott Borchetta) em entrevistas e mante-se calada sobre qualquer assunto referente sua antiga gravadora.

Agora, o site de notícias TMZ conta o outro lado da situação. Segundo a publicação, os diretores da gravadora tentaram fazer um acordo para que tudo se resolvesse, mas a musa teria rejeitado todas as ofertas “pois está em busca de sangue”. As fontes do periódico ainda afirmam que ela deve e reconhece cerca de U$7 milhões aos empresários.

E aí, você acredita na versão contada pelo TMZ? Continue a conversa direto das redes sociais do Portal Famosos Brasil. Esperamos por você!