Relembre a carreira do cantor Gabriel Diniz

Infelizmente, fomos pegos de surpresa com a morte do cantor Gabriel Diniz na tarde desta segunda-feira (27). Muitos devem achar que ele só tinha o hit “Jenifer” na sua carreira, mas Gabriel já era conhecido de muito antes do Carnaval de 2019.

CONFIRMADO: Gabriel Diniz, do sucesso "Jenifer", morre aos 28 anos em acidente aéreo

O cantor sul-mato-grossense já havia lançado seis álbuns em sua carreira solo e o último, “À Vontade“, com o hit “Jenifer“, saiu em fevereiro de 2019. “Jenifer” ganhou o título de hit do verão 2019 e foi o single que mais tocou nas rádios e nos serviços de streaming do Brasil todo, fazendo Diniz ficar nacionalmente conhecido.

Atualmente o vídeo da música já ultrapassou a marca de 200 milhões de visualizações e com isso o cantor fazia uma média de vinte shows por mês. Após o sucesso da faixa, o seu cachê disparou e ele ganhava em média 125 mil reais por show.

Gabriel Diniz estava com a agenda cheia para os próximos meses, passando por São Paulo e indo para a maior parte do Nordeste. O cantor era atração confirmada nas festa de São João em Campina Grande, Petrolina e Santo Antônio de Jesus, além de cantar nas cidades de Salvador, na Bahia, Belém, no Pará, e Areia Branca, no Sergipe.

Antes do sucesso de “Jenifer“, Gabriel Diniz lançou “Acabou Acabou“, com o cantor Wesley Safadão, o que rendeu disco de platina duplo para os cantores. Esse foi o seu primeiro grande sucesso.

Com o sucesso de sua parceria com Safadão, Gabriel Diniz fez um pequena turnê pela Europa, em 2017. O cantor passou por Amsterdam, na Holanda, Zurique, na Suíça, e Lisboa, em Portugal, com todos os shows sold out.

Além de “Acabou Acabou“, Diniz fez participação especial na faixa “Quem Chorava Hoje Ri“, de Safadão e ainda cantou com Israel Novaes, Maiara e Maraisa e a dupla Simone e Simaria.