Mulheres no comando: conheça 10 clipes femininos desconhecidos com fotografias incríveis

Uma das coisas favoritas de qualquer amante da música são os videoclipes. Mesmo que algumas vezes eles possam nos desapontar, são eles que dão mais vida para as canções e consequentemente nos fazem ouvir mais ainda aquilo que já aprovamos como gosto pessoal.

As cores, os tons, as luzes, os movimentos, os sentimentos e as histórias que integram os videoclipes nos mostram o quanto a arte da música tem força e é infinita.

Alguns artistas nem sempre podem investir de maneira pesada na produção de videoclipes ou sequer tem apoio de suas gravadoras. Sendo de forma independente ou não, conseguir construir algo para deixar uma obra mais completa e bonita, deve preencher de felicidade o coração de qualquer artista.

Confira abaixo 10 clipes ainda desconhecidos e selecionados de cantoras e bandas lideradas por mulheres com excelentes trabalhos visuais:

1 – A cantora Zolita com o sombrio videoclipe de “Holy” e o trágico fim de um romance proibido.

2 – Uma excelente produção como “Baby Love” da cantora francesa Petite Meller não poderia ficar de fora. O vídeo chega a ser um colírio para os olhos de tão vivo e colorido que é, aliás, todas as produções visuais desta artista deveriam ter mais destaque. <3

3 – O duo BOY composto pela suiça Valeska Steiner e pela alemã Sonja Glass depois de ter se apresentado ao mundo com lindo clipe de “Little Numbers“, soube se superar com o videoclipe da faixa-título de seu último álbum, We Were Here. A produção, mesmo com uma curtíssima participação das duas, conseguiu tornar o significado da letra da música mais bonito ainda.

4 – Quem não se lembra da doce “Put Your Records On“? Apesar de ter tido um retorno não muito repercutido, Corinne Bailey Rae lançou ótimas produções extraídas de seu último álbum de estúdio. O clipe de “Green Aphrodisiac” é um show de beleza junto com as metáforas que a leveza e a suavidade da música noa traz.

5 – Na lista dos clipes da banda Wild Belle, o videoclipe que merece, mas, não tem maior destaque, com certeza é da música “Another Girl“. A vocalista Natalie Bergman, voz do hit “Be Together” do grupo Major Lazer, é a grande protagonista do clipe de vibe desértica.

6 – Conhecida pelo old but good hit “Suddenly I See, a cantora KT Tunstall lançou álbuns que não obtiveram tanto sucesso comercial como seu primeiro, mas que não deixaram de ter qualidade e sua identidade. Um exemplo, é o videoclipe de “Invisible Empire“. Que doçura ver, né? <3

7 – “I’m The Fool” da banda venezuelana Bolivar Blues liderada pela vocalista Zoe Clara Dutka é um clipe feito com baixo orçamento e todos os trabalhos realizados aqui foram de maneira independente. A produção com a vibe crua e limpa de filtros cinematográficos trouxe uma naturalidade ainda mais leve e singela para a canção.

8 – Misturando sensualidade e atos psicodélicos, o videoclipe de “Hands” da banda australiana Alpine mostra algo singular e anormal em cada corte de câmera. As vocalistas Phoebe Baker e Lou James que aparecem na TV e as figurantes famintas nos deram uma obra pra lá de exótica e interessante.

9 – O ponto forte da produção de “Alaska” é a tomada única nos primeiros minutos focando na lindeza de Maggie Rogers e no belo cenário escolhido para gravação. Outros trabalhos de Maggie como “Dog Years” e “On + Off ” também merecem pontos pela produção.

10 – O último clipe da lista talvez seja o mais conhecido (pelo menos em algumas pistas de dança), mas muitas pessoas ainda desconhecem o excelente trabalho que o duo AlunaGeorge entrega para seu público que ainda está conquistando. Em “I’m in Control“, que além de registrar ótimas capturas da vocalista Aluna Francis, é retratada a vida e o cotidiano das ruas nas periferias da República Dominicana.