Katy Perry fala sobre novo álbum: "não quero seguir tendências, preciso evoluir"

Além de falar da pré-Grammy para o jornal The New York Times, Katy Perry também foi questionada sobre um novo disco Pop, o quarto de sua carreira. Ainda no ano passado ela terminou a promoção do seu último registro – o “PRISM” – com a turnê “PRISMATIC”, considerada uma das mais rentáveis do ano passado e também de 2014.

Katy afirmou que precisa de um bom tempo para pensar em um registro novo e ainda de uma evolução, não seguir tendências atuais. Lançando um álbum a cada três anos, quer que o #KP4 seja criado com o “tempo necessário”, sem pressão.

“Estou na fase de pesquisa e desenvolvimento deste trabalho. Eu estou há quase 10 anos no estrelato, no centro das atenções. Estar há quase uma década trabalhando intensamente já me traz rugas”, desabafou a cantora. “Agora eu estou tendo o tempo necessário. Eu não quero seguir tendências. Eu preciso evoluir. Eu costumo fazer meus discos de uma forma mais tradicional, onde o ciclo é de três anos, de modo que quando eu começo a escrevê-los, sei exatamente onde estarei na primavera de 2018, por exemplo. Isso pode ser meio esquisito, mas preciso de um pouco mais de liberdade, especialmente quando venho fazendo isso por tanto tempo”, termina.

A cantora já intensificou as reuniões em sua gravadora no começo deste ano. O álbum é prometido para o segundo semestre de 2016, porém, com esta vontade de “dar mais tempo” para sua capacidade criativa como revelou na entrevista, ele pode chegar um pouco mais tarde.