Em busca pelo realismo, diretora justifica ausência de músicas no live-action de Mulan

A próxima animação da Disney a se tornar live-action será Mulan. A diretora responsável pela transformação do filme já afirmou que promete ser bem fiel ao clássico original. e isso significa não contar com as suas músicas.

Em entrevista, a diretora Niki Caro explicou a decisão de não trazer nenhuma das canções da animação para a adaptação live-action.

“Voltando à questão do realismo – ninguém canta quando está em guerra. Não que eu tenha algo contra a animação. As músicas são brilhantes, e se tivesse como encaixá-las no filme, eu faria. Mas honramos as músicas da animação de uma forma muito significativa.”

Niki também compartilha que o personagem Mushu ficará de fora do live-action.

“Neste filme, há a representação de uma criatura – uma representação espiritual dos ancestrais e, mais particularmente, do relacionamento de Mulan com o pai. Mas uma nova versão de Mushu? Não.”

No elenco temos Liu Yifei como Mulan, Jet Li como o Imperador da China, Gong Li como a grande vilã do filme, e Donnie Yen como Comandante Tung, o mentor de Mulan.

O filme chegará aos cinemas em 27 de março de 2020.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<