Diogo Ramos lança single “Sua mão direita”

Paulista, com raízes baianas e radicado no Canadá, o cantor e compositor Diogo Ramos lança nesta sexta, dia 16, o primeiro single do seu novo EP. “Sua mão direita” é uma mistura de samba funk, com toques de hip hop eletrônico e traz fortes influências de Jorge Ben Jor e dos arranjos do maestro Lincoln Olivetti. 

A faixa, produzida por Boogát, nasceu de uma conversa sobre amor, política e masturbação. “A canção é uma metáfora sobre o amor e o sofrimento que vivemos diante dessa elite acéfala conservadora que nos mata. A ideia é que o amor e a sexualidade devem nos alimentar sempre para podermos ter capacidade de gozar e de viver em paz, mas é preciso estar atento, pois estamos cansados de sofrer nas mãos dessa classe política de ultra direita”, discursa o cantor.

Diogo Ramos é profundamente enraizado no movimento Tropicalista brasileiro. Inclusive, o novo single traz na essência essa mistura do português e espanhol, o samba funk que namora os ritmos electro-latin-pop, os versos hippies de Boogát, junto com a nostalgia das praias do Sul da Bahia. 

O cantor ficou radiante com o resultado da faixa. “É um luxo muito grande ter o axé feminino das cantoras Flavia Nascimento e Bianca Rocha. O que elas exalam musicalmente no disco é fruto de um mundo divino. E fico muito feliz que consegui trazer esse universo feminino que foi inspirado nas músicas que minha avó cantava para mim no campo no Sul da Bahia. Um outro ponto central são os arranjos de metais do João Lenhari e do Cuca Ferreira, dois gigantes da música brasileira. É uma faixa que viajou o mundo pra ser realizada, pois partiu do meu estúdio à Montréal, foi para Brasil para a gravação dos metais e música foi mixada e masterizada por um craque que se chama Andres Oddone, um argentino mexicano que fez um trabalho incrível”, completa. 

Diogo fará nesta sexta uma live com a nova faixa, além dos sucessos do seu álbum “Samba sans frontiéres”. A live acontece 21h, em seu canal do Youtube e Facebook – https://url.bio/diogoramosmusic

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<