"Castelobruxo": J. K. Rowling revela que existe uma escola de magia brasileira no meio da Amazônia

Harry Potter é imortal.

Se você é familiar com a saga de livros de J. K. Rowling, saberá que Hogwarts não é a única escola de magia no mundo. Além de Ilvermony, nos Estados Unidos, a autora britânica revelou recentemente um mapa-múndi com todas as 11 instituições existentes nesse mundo fictício, e, para nossa surpresa, há uma brasileira sim!

Castelobruxo se localiza “no meio da Amazônia” e abriga bruxinhos de toda a América do Sul. Leia a descrição, segundo o site Pottermore:

mapa

São 11 escolas de magia espalhadas ao redor do globo

“A escola de magia brasileira, que abriga estudantes de toda a América do Sul, pode ter sido fundada escondida no meio da floresta. O fabuloso castelo parece ser uma ruína para os poucos olhos trouxas que já o viram (um truque dividido com Hogwarts; as opiniões são divididas sobre quem pegou a ideia de quem). Castelobruxo é um imponente edifício de rochas douradas, comumente comparado a um templo. Tanto a construção como o terreno são protegidos por Caiporas, pequenos e peludos seres espirituais que são extraordinariamente travessos e complicados, e que surgem no meio da noite para vigiar os estudantes e as criaturas que vivem na floresta (…) Estudantes de Castelobruxo usam vestes de verde brilhante e são especialistas em HerbologiaMagizoologia; a escola oferece programas de intercâmbio bastante populares entre os estudantes europeus que desejam estudar as flora e fauna mágicas da América do Sul. Castelobruxo já produziu um grande número de famosos ex-estudantes, incluindo um dos mais famosos mestre de poções, Libatius Borage, e João Coelho, capitão do mundialmente renomado time de quadribol Tarapoto Tree-Skimmers.”

Como se não bastasse a escola brasileira, agora o site ainda revelou os nomes das escolas africana (Uagadou) e japonesa (Mahoutokoro). As outras continuam um enigma.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets