Consagrando “Nomadland”, Frances McDormand e Anthony Hopkins, confira todos os vencedores do Oscar 2021

Consagrando “Nomadland”, Frances McDormand e Anthony Hopkins, confira todos os vencedores do Oscar 2021

Apesar das incertezas causadas pela pandemia e o adiamento da cerimônia, aconteceu na noite deste domingo (25), a 93ª edição do Oscar, apresentado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Realizado na Union Station, em Los Angeles – a nova locação substituiu o tradicional Dolby Theater, para permitir o distanciamento social dos convidados.

A cantora H.E.R. ganhou sua primeira estatueta, pela música “Fight for You”, trilha do filme “Judas e o Messias Negro”. Já o filme “Nomadland” ganhou a principal categoria da noite, a de Melhor Filme, além de Melhor Direção e Melhor Atriz. Anthony Hopkins, aos 83 anos, se tornou o mais velho vencedor da categoria de Melhor Ator por sua aclamada performance no longa “Meu Pai”.

Confira a lista completa de vencedores:

MELHOR FILME

“Nomadland”

MELHOR DIREÇÃO

Chloé Zhao – “Nomadland”

MELHOR ATOR

Anthony Hopkins – “Meu Pai”

MELHOR ATRIZ

Frances McDormand – Nomadland”

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Daniel Kaluuya – “Judas e o Messias Negro”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Yuh-Jung Youn – “Minari”

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

“Meu Pai”

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

“Bela Vingança”

MELHOR CURTA-METRAGEM

“Two Distant Strangers”

MELHOR ANIMAÇÃO

“Soul”

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO

“Se Algo Acontecer… Te Amo”

MELHOR DOCUMENTÁRIO

“Professor Polvo”

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM

“Collete”

MELHOR FILME INTERNACIONAL

“Druk: Mais uma Rodada” (Dinamarca)

MELHOR FOTOGRAFIA

“Mank”

MELHOR MONTAGEM

“O Som do Silêncio”

MELHORES EFEITOS VISUAIS

“Tenet”

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL

“Soul”

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

H.E.R. – “Fight for You”, do longa “Judas e o Messias Negro”

MELHOR SOM

“O Som do Silêncio”

MELHOR FIGURINO

“A Voz Suprema do Blues”

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM

“A Voz Suprema do Blues”

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

“Mank”

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<