#AqueceGrammy: Relembre dez artistas incríveis vencendo seu primeiro prêmio

A 62ª edição do Grammy Awards, o “Oscar da Música”, como é conhecido, acontece no próximo domingo (26 de janeiro). A edição, que presenteia os destaques musicais do ano nos mais diversos segmentos, promete ser inesquecível para os fãs da música pop. Como destaque, nesse ano, temos os jovens Billie Eilish, Lizzo, Lil Nas X e Ariana Grande, que dominam a lista de indicados.

Para fazer o aquecimento da premiação, o Portal Famosos Brasil traz para vocês momentos icônicos e memoráveis de anos anteriores em uma série de listas especiais. Ao amantes da música, especialmente do pop, aproveitem a nostalgia.

Para começar o throwback, preparamos para vocês uma lista comemorativa, que relembra 10 artistas incríveis da música vencendo seu primeiro prêmio Grammy:

Beyoncé

Beyoncé acumula uma carreira de sucesso desde seus primórdios anos, juntamente do grupo Destiny’s Child, que lhe abriu portas para uma carreira promissora. Dessa forma, seu primeiro gramofone veio junto com suas parceiras de equipe, ainda no ano 2001, quando elas levaram para casa os prêmios de Best R&B Song e Best R&B Performance By A Duo Or Group, por seu single de sucesso “Say My Name”. Ainda, na noite, concorriam aos prêmios máximos de Record e Song Of The Year, no qual acabaram perdendo.

Entretanto, seu primeio prêmio solo veio em 2004, quando Beyoncé levou para casa um total de 5 prêmios, perdendo só o de Record Of The Year, com o hit “Crazy In Love”. Um dos prêmios que a diva levou para casa, no entanto, foi o de Best Contemporary R&B Album.

Beyoncé ostenta 70 indicações e 23 prêmios Grammy vencidos.

Rihanna

Uma outra diva que todos amam, Rihanna começou sua carreira em 2005 com o single “Pon de Replay”, que estourou nas pistas de dança e deu o pontapé inicial para a barbadiana ser inserida no hall dos artistas pop. No entanto, suas primeiras nomeações ao Grammy vieram somente em 2008, com os singles do seu terceiro álbum de estúdio, “Good Girl Gone Bad”. Na noite, a diva sustentava indicações com “Don’t Stop The Music”, “Hate That I Love You” e o smash hit “Umbrella”, incluindo o de Record Of The Year. A diva saiu vencedora de uma categoria, a Best Rap/Sung Collaboration, por sua parceria com Jay-Z. O prêmio foi entregue por ninguém menos que Taylor Swift.

Rihanna obteve, ao todo, 33 nomeações e venceu 9 delas.

Lady Gaga

Lady Gaga conquistou o mundo com sua irreverência e modo “estranho” de ser, o que a tornou potencialmente diferente das outras divas de sua época e justamente lhe trouxe a fama. Seus primeiros Grammys vieram em 2010, quando concorria em cinco categorias, mas levou duas delas. A diva perdeu três das categorias principais, mas levou para casa o gramofone de Best Dance Recording (Poker Face) e Best Dance Album (The Fame).

Lady Gaga tem a marca de 27 nomeações ao Grammy, tendo vencido 9 delas.

Lady Gaga em seu segundo ano de vitórias, em 2011.

Taylor Swift

Taylor Swift veio do country e conquistou o mundo pop nos últimos anos com sua irreverência, shades e músicas marcantes. Uma máquina de vencer prêmios, Taylor teve sua primeira nomeação em 2008, quando perdeu o prêmio de Best New Artist para Amy Winehouse. A redenção veio em 2010, onde a diva levou quatro prêmios das oito categorias em que concorria, sendo três no gênero country e a quarta no prêmio máximo da noite, Album Of The Year. Taylor concorria com ninguém menos que Beyoncé e Lady Gaga na categoria. A reação da cantora é contagiante.

Taylor Swift tem 35 nomeações ao Grammy e venceu 10 delas.

Adele

Tem como falar de Grammy e não citar Adele? A cantora, que coleciona prêmios nas categorias principais com seus ótimos trabalhos, foi contemplada pela Academia, em 2009, com o prêmio de Best New Artist, além de levar para casa o prêmio de Best Female Pop Vocal Performance, por “Chasing Pavements”. A cantora ainda estava indicada em Record e Song Of The Year com a mesma música, mas perdeu as categorias. De uma coisa podemos ter certeza: a maldição do prêmio de “artista revelação” não é real. Adele simplesmente levou quase todos os Grammys em que esteve indicada em toda sua carreira.

Adele sustenta 18 nomeações ao Grammy, tendo vencido 15 delas.

Mariah Carey

A rainha da Billboard, como é conhecida a icônica Mariah Carey, é taxada como injustiçada pelo Grammy, por sempre perder as categorias principais que compete. Seu primeiro gramofone veio em 1991, quase trinta anos atrás, quando a diva venceu o prêmio de Best New Artist, além do prêmio de Best Pop Vocal Female Performance, por seu sucesso “Vision Of Love”. A diva só voltou a ganhar prêmios em 2006, com o hit “We Belong Together” e o álbum “The Emancipation Of Mimi”. Desde então, Mariah não levou mais nenhum prêmio para casa.

Mariah Carey tem 34 nomeações ao Grammy e venceu 5 delas.

Amy Winehouse

A icônica Amy Winehouse foi a responsável por protagonizar um dos maiores e mais emocionantes momentos da história do Grammy, na edição de 2008. A diva, de voz que marcou gerações, tinha seis indicações na noite e levou quatro delas, inclusive Record e Song Of The Year, por “Rehab”, além do prêmio de Best New Artist. Na noite, Amy se apresentava diretamente de Londres e, na hora da premiação, a diva recebeu o prêmio do seu ídolo, Tonny Bennett. A reação da cantora foi a melhor possível e arrancou lágrimas dos presentes. Chocada, a cantora abraçou sua mãe e equipe. Inesquecível. Infelizmente, Amy veio a falecer alguns anos depois.

Amy Winehouse teve 8 indicações ao Grammy e venceu 6 delas.

Madonna

A rainha do pop, Madonna, ostenta indicações ao Grammy nos primeiros anos de sua carreira. Assim como Mariah Carey, também é tida como injustiçada. Seu primeiro gramofone veio na categoria Best Music Video, Long Form, com o projeto “Madonna – Blonde Ambition World Tour Live”. A cantora voltou a ganhar prêmios em 1999 com o álbum “Ray Of Light”. Sua última indicação ao prêmio veio em 2010 e, desde então, a diva não aparece nas listas dos prêmios.

Madonna tem 28 nomeações ao Grammy e venceu 7 delas.

Madonna recebendo o prêmio de “Best Pop Album” em 2009

Michael Jackson

O rei do pop também não poderia ficar de fora dessa lista. Michael Jackson, o maior cantor de todos os tempos, estreou no Grammy há 40 anos, na edição de 1980. O astro ganhou, neste ano, o prêmio de Best R&B Vocal Male Performance, com o famoso single “Don’t Stop ‘Til You Get Enough”. Anos depois, em 1984, Michael levou 7 prêmios de uma vez, graças a seu álbum “Thriller” e os singles presentes no mesmo.

Michael Jackson tem o total de 38 nomeações ao Grammy, tendo conquistado 13 deles.

No vídeo, um compilado dos grandes momentos de Michael Jackson no Grammy

Ariana Grande

O bônus da nossa lista fica com a jovem promissora Ariana Grande que, assim como outras personalidades, é injustiçada pela premiação. O primeiro (e único, até o momento) gramofone que a cantora levou para casa foi em 2019 com o prêmio Best Pop Vocal Album, pelo “Sweetener”. Devido a divergências com a premiação, a cantora não compareceu à cerimônia.

Ariana Grande teve 11 nomeações ao prêmio, levando apenas 1 delas.

E aí, gostou da nossa lista especial? Faltou algum artista? Conta para a gente o que achou!

Sobre o autor: /

Estudante de Jornalismo pela Universidade do Estado de Minas Gerais e amante do universo musical.