Segundo TMZ, Zayn foi acusado de quatro crimes contra Gigi Hadid e sua mãe; Yolanda alega agressão

Segundo TMZ, Zayn foi acusado de quatro crimes contra Gigi Hadid e sua mãe; Yolanda alega agressão

Yolanda Hadid, mãe de Gigi Hadid, afirmou que o ex-integrante do One Direction, Zayn Malik teria a agredido na última semana. A informação foi confirmada pelo TMZ.

Segundo o tabloide americano, a ex-modelo vai fazer fazer um boletim de ocorrência. Gigi e Zayn são pais de Khai, que nasceu em 2020. O TMZ revelou também, que Zayn será acusado de quatro crimes de assédio contra Gigi e sua mãe e o cantor não teria contestado nenhuma dela, inclusive o rapaz teria confessado um dos crimes, que terá como pena, ações socioeducativas e uma multa

A briga entre Zayn e sua ex-sogra teria acontecido no no dia 29 de setembro, quando o artista esteva em sua residência onde até então, convivia com sua esposa, na Pensilvânia. Zyan e Yolanda teria entrado em uma discussão e o cantor acabou chamando a mãe de Gigi de “Holandesa vagabund* do caralh*” e exigiu que a sogra ficasse longe de Khai, filha do casal.

Zayn ainda teria empurrado Yolanda contra uma cômoda, acabando por machucar a ex-sogra, entretanto, o ex-directioner nega as acusações.

Em sua conta no Twitter, o intérprete de “Pillowtalk” fez uma declaração afirmando que se desentendeu com um integrante de sua família.

“Como todos vocês sabem, sou uma pessoa privada e quero muito criar um espaço seguro e privado para minha filha crescer. Um lugar onde questões familiares privadas não sejam jogadas no cenário mundial para que todos possam cultivar e crescer. Em um esforço para proteger aquele espaço para ela, concordei em não contestar reivindicações decorrentes de uma discussão que tive com um membro da família da minha parceira que entrou em nossa casa enquanto ela estava fora, algumas semanas atrás. Este era e ainda deveria ser um assunto privado, mas parece que por enquanto há divisões e, apesar dos meus esforços para restaurar-nos a um ambiente familiar pacífico que me permitirá ser co-pai da minha filha da maneira que ela merece, isso tem foi “vazado” para a imprensa. Tenho esperança, porém, de cura para todos os envolvidos com as palavras duras compartilhadas e, mais importante, permaneço vigilante para proteger Khai e dar a ela a privacidade que ela merece”.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<