Ryan Murphy será homenageado com o prêmio Vito Russo no GLAAD Media Awards

Desde o início de sua carreira, o escritor e produtor Ryan Murphy sempre fez questão de usar sua plataforma para falar abertamente sobre questões LGBTQ urgentes. Agora, o criador de “Pose”  está sendo reconhecido por suas contribuições.

Na quinta-feira (16 de janeiro), o GLAAD anunciou que Murphy seria o ganhador do Vito Russo Award no 31º GLAAD Media Awards na cidade de Nova York. O prêmio, nomeado após o fundador do GLAAD e ativista do ACT UP, Vito Russo, é concedido a um profissional de mídia LGBTQ que “fez uma diferença significativa na aceleração da aceitação do LGBTQ” e foi concedido nos últimos anos a Billy Porter , Ricky Martin , RuPaul , Anderson Cooper e muitos outros. 

Em um comunicado divulgado ao lado do anúncio de Murphy, a presidente e CEO da GLAAD, Sarah Kate Ellis, disse que o showrunner do “American Horror Story”  serve como um exemplo de como a verdadeira inclusão gay pode parecer na mídia.

“Ryan Murphy é um talentoso pioneiro por trás de alguns dos projetos LGBTQ mais inovadores e populares na história da televisão, teatro e cinema, e continua a trazer vozes LGBTQ sub-representadas para a mesa de maneira a elevar a fasquia em Hollywood. A marca única e talentosa de contar histórias de Ryan não apenas entreteve as massas, mas também proporcionou aos jovens LGBTQ personagens que os inspiram a viver com ousadia e orgulho.”

Este não é o único GLAAD Media Award que Murphy concorrerá em 2020. Além de receber o estimado prêmio, os projetos de televisão de Murphy, “Pose” e “The Politician”, são indicados para séries dramáticas de destaque na cerimônia deste ano.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets