Roteirista revela o principal motivo pelo fracasso de “Quarteto Fantástico”; entenda

O reboot de “Quarteto Fantástico”, lançado em 2015, foi um verdadeiro fracasso de crítica e de bilheteria, não conseguindo agradar os fãs mais apaixonados pelo time de super-heróis. O longa, na época, arrecadou pouco mais de US$ 167 milhões pelo mundo. Porém, as divergências criativas entre o roteirista Jeremy Slater e o diretor Josh Trank, foram o principal motivo do desastre do filme.

Durante entrevista ao site Polygon, o roteirista disse que tentou convencer Trank a buscar inspiração em “Os Vingadores”, da Marvel Studios lançado três anos antes, porque esse era o tipo de filme que o público gostava e estava fazendo bastante sucesso comercial. No entanto, Trank insistiu que o reboot deveria se afastar das produções da Marvel para dar um tom mais original.

“O primeiro filme dos “Vingadores” foi lançado um ano antes de começarmos a desenvolver “Quarteto Fantástico”. Eu disse que deveríamos seguir o modelo que Joss Whedon tinha estabelecido, porque as pessoas estavam adorando. Mas Josh odiou a proposta. Parece que ele queria fazer qualquer outra coisa, menos um filme de heróis.” – disse Slater.

Trank também conversou com o mesmo site e confirmou a resposta de Slater, mas fez questão de se defender:

“O tom de ‘Quarteto Fantástico‘ foi um reflexo do que estávamos desenvolvendo desde o início, antes das gravações. Eu queria pegar os personagens dos quadrinhos e sua história de fundo para criar algo novo e inédito. O que Slater queria era totalmente diferente e nada original, eu não podia fazer uma cópia de filmes que fazem sucesso só para agradar o público.”

O Quarteto Fantástico ganhará um novo reboot totalmente produzido pela Marvel Studios, que deve integrar a Fase 5 do Universo Cinematográfico Marvel.

>>> Já segue o PFBR no Facebook? Não? Tá perdendo varias novidades. Deixa seu like!

>>> Sabia que a gente tá comentando tudo sobre BBB no Twitter? Vem!