Revolução: lançamentos de discos acontecerão primordialmente nas sextas e sábados

Muito foi se pensado e articulado e meses de reuniões aconteceram para a IFPI, Federação Internacional da Indústria Fonográfica, definir a sexta-feira como o dia do lançamento global, ou seja, a partir de alguns meses, no verão norte-americano, a maioria dos discos começarão a chegar às lojas na sexta-feira e não na segunda ou terça como era de costume.

Muito foi se pensado e alguns tópicos aceleraram a decisão como os vazamentos que sempre acontecem no fim de semana e também o super bem-sucedido lançamento surpresa do álbum da Beyoncé, ainda no dia 13 de dezembro de 2013.

Álbum de Beyoncé lançado de surpresa foi um dos motivos para a mudança

Como foi anunciado pela Billboard, um estudo também feito mostrou que as pessoas preferem ouvir músicas inéditas perto do fim de semana, do que em uma segunda-feira, já que é um fatídico dia de trabalho e no segundo dia da semana as pessoas estão digamos, com ‘ressaca’ moral para conferir coisas novas no entretenimento. A medida ainda busca colocar fim da frustração de fãs em não poder ouvir canções novas do seu artista predileto por conta do material não estar disponível no seu país, mas acessível em outros de forma restrita.

Mesmo com essas vantagens visadas, o novo dia base não está sendo recebido com bons olhos por representantes comerciais.

“A única justificativa uma data de lançamento colocada na sexta-feira seria se resultasse em um aumento líquido das vendas”, disse Kim Bayley, representante da Entertainment Retailers Association.

Algumas lojas de departamentos ainda foram contra a ideia, mas sem sucesso. Eles alegavam que a terça-feira seria o melhor dia para a estreia de discos por conta da distribuição, principalmente nos maiores pontos de comércio e poder da indústria, o Reino Unido e também os Estados Unidos, além de reduzir os custos de operação no negócio.

Lembrando que a medida será introduzida aos poucos para marcar uma transição no mercado, que mesmo com um grande volume em vendas anuais, principalmente de álbuns, entra em crise e diminui seu total líquido a cada ano que passa.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets