Madonna: 'Eu amo a Lady Gaga, Miley Cyrus e todas essas garotas que usam a sexualidade, é uma grande parte do nosso trabalho'

A entrevista de Madonna para o Jonathan Ross promete render.

Depois de falar sobre o seu disco ‘Rebel Heart’ e sobre o acidente no BRIT Awards ainda na quarta-feira, a veterana também resolveu abordar sobre um dos assuntos mais polêmicos dos últimos anos na música pop: o abuso da sexualidade dentre as mulheres.

Muitos criticaram, por exemplo, Miley Cyrus pela sua exacerbação sem limites em mostrar que cresceu com atitudes que não eram bem vistas pelas pessoas ao seu redor sendo ela uma mulher, de modo machista.

Madonna: 'Eu amo a Lady Gaga, Miley Cyrus e todas essas garotas que usam a sexualidade, é uma grande parte do nosso trabalho'

A Rainha do Pop, defendeu Cyrus na entrevista que ainda vai ao ar em meados de março, dizendo que a sensualidade é uma das armas das mulheres para esse concorrido trabalho e ainda englobou também Lady Gaga no mesmo ‘barco’.

“Vivemos em um tempo diferente”, disse ao apresentador. “A imagem é uma grande parte do nosso trabalho. Estamos explorando nossa sexualidade. Eu não acho que a sexualidade era algo fácil de ser explorado até as mulheres tomarem hegemonia disso. Eu amo Miley [Cyrus], Gaga , todas essas garotas”, disse ela.

Quando questionada sobre a posição dos homens no assunto, ela dispara:

“Os homens não são tão oprimidos como mulheres. Os homens sempre objetivaram elas. Eu estava me objetivando também”.

Recentemente, Madonna também resolveu dar uma trégua a sua rixa midiática com Gaga na ‘Rolling Stone’, abordando que de alguma forma tentará unir ambas. Em seguida, Lady Gaga favoritou e depois retirou a curtida.

Enquanto Miley, ambas já gravaram um especial no começo de 2014 e existiam promessas para uma parceria, o que acabou não acontecendo no disco da veterana.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<