Illy naturaliza a vontade sexual feminina em “Você só quer me comer”

Illy naturaliza a vontade sexual feminina em “Você só quer me comer”

Illy naturaliza a vontade sexual feminina em “Você só quer me comer”.  A faixa produzida por Marlon Sette e Pepê Monnerat é inspirada no pop dos anos 80 e chega hoje aos aplicativos de música através do selo Alá e distribuição da Altafonte. O lançamento é acompanhado por um clipe sensual e cômico dirigido por Dauto Galli.

Illy naturaliza a vontade sexual feminina em “Você só quer me comer”

Nele, Illy doma um touro mecânico em formato de pênis, degusta cupcakes de vaginas e é a estrela do seu próprio programa. A letra, criada por Jarbas Bittencourt  (um dos compositores de Djanira), também traz pitadas de humor e um refrão chiclete com jeitão de hit.

A interpretação de Illy é sexy, engraçada e arrebatadora. Um super time com nomes como Michael Brauer na mix, Davi Moraes nas guitarras, Alberto Continentino no baixo e o próprio Marlon traz ainda mais brilhantismo para a faixa.

“Acho importante ser mãe de uma criança de um ano e falar sobre a vontade sexual feminina. Parece até piada, mas ainda tem gente que acha que a mulher não passa vontade, que uma mãe não pode desejar ou ser desejada”, enfatiza a cantora. “‘Você só quer me comer’ é pra ficar ecoando na cabeça da sociedade ao mesmo tempo que é para se jogar nas pistas”, afirma.

Illy tem lançado um single por mês até o momento do álbum completo, no final de janeiro, e “Você só quer me comer” é a grande aposta da cantora para o verão.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<