"Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" bate recorde em premiação britânica

2017 está sendo um bom ano para os fãs de Harry Potter. Após o Oscar de “melhor figurino” para “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, chegou a vez da peça teatral “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” bater um recorde na cerimônia do “Oliver Awards 2017”, importante prêmio do teatro britânico.

O trabalho já entrou na cerimônia como o favorito do ano, com 11 indicações, entretanto levou nove prêmios, entre eles Melhor Peça, Melhor Ator para Jamie Parker (Harry Potter), Melhor Atriz para Noma Dumezweni (Hermione Granger), Melhor Ator Coadjuvante para Anthony Boyle (Scorpius Malfoy) e Melhor Diretor para John Tiffany.

 

Noma Dumezweni, que interpreta a Hermione adulta na peça de Harry Potter, levou para casa o prêmio de melhor atriz coadjuvante, dizendo que estava “sobrecarregada e humilhada” para ter a chance de interpretar Hermione diferente da versão cinematográfica.

“É uma peça extraordinária de teatro, tantos jovens atores e atrizes me disseram que estão tão contentes que estou interpretando Hermione, porque eles podem ver uma versão de si mesmos no palco”.

O show também levou para casa cinco prêmios de arte: melhor traje, set design, som, iluminação e tecnologia. Os nove prêmios bateram um registro conjunto mantido por Matilda e Incidente Curioso do Cão Na Noite, onde ambos ganharam sete prêmios cada.

A oitava história oficial da Saga Harry Potter estreou em 30 de julho de 2016 no Palace Hall, em Londres. Baseado na história original de J. K. Rowling, o espetáculo se muda para a Broadway em 2018.