Beyoncé sobre pesquisa apontar que ela não venderia em preto e branco: “então lancei ‘I Am… Sasha Fierce’, meu maior sucesso até hoje”

Beyoncé sobre pesquisa apontar que ela não venderia em preto e branco: “então lancei ‘I Am… Sasha Fierce’, meu maior sucesso até hoje”

Como recentemente veiculado pelo nosso site, Beyoncé parou o mundo na manhã desta terça-feira com o lançamento da icônica capa de setembro/21 da Allure US. A intérprete norte-americana estrela a publicação em uma entrevista reveladora.

Depois de confirmar músicas novas em estúdio, a voz do “Lemonade” contou um pouco mais do início da sua carreira. Em uma espécie de “evolução”, tema proposto pela revista, Queen B se mostrou relutante para algumas pesquisas que apontavam que ela simplesmente não venderia faixas com fotografias em preto e branco.

“Lembro-me de estar em uma reunião discutindo análises e me disseram que uma pesquisa descobriu que MEUS FÃS não gostavam quando minha fotografia era em preto e branco. Disseram que eu não venderia se não utilizasse imagens coloridas. Isso foi ridículo. Me irritou que uma agência pudesse ditar o que meus fãs queriam com base em uma pesquisa. A quem eles perguntaram? Como é possível generalizar tanto as pessoas? São estudos precisos? Eles são justos? Todas as pessoas que estou tentando enaltecer e iluminar estão incluídas? Eu estava tão EXAUSTA e irritada com essas empresas corporativas, que baseei todo o meu próximo projeto em preto e branco, incluindo os vídeos de Single Ladies, If I Were a Boy e todas as artes para I Am… Sasha Fierce, que acabou sendo meu maior sucesso comercial até hoje”

“I Am… Sasha Fierce”, o terceiro álbum em estúdio de Beyoncé, realmente é um tremendo sucesso. Lançado em 2008 e ainda com assinatura da Columbia Records, a superprodução musical inovou ao ser formatado como um álbum duplo: a primeira fase “I Am” em uma pegada de baladas e faixas pessoais, enquanto o “… Sasha Fierce” homenageia o alter-ego da diva pop com canções pra lá de marcantes.

Estreando direto em primeiro lugar na Billboard 200, a principal parada norte-americana que define o sucesso comercial de discos nos Estados Unidos, teve aproximadamente meio milhão de unidades vendidas apenas no país de origem.

Sou um ser humano. Eu choro. Sou muito apaixonada e sensível. Meus sentimentos doem. Fico assustada e nervosa como todo mundo. E eu queria me mostrar. [O álbum] é sobre amor. Sou mulher, estou casada, e essa parte da minha vida está no álbum. É muito mais pessoal. Sou muito discreta e não falo sobre muitas coisas, mas há certas músicas no álbum que são muito pessoais. [I Am… Sasha Fierce] é meu diário. É a minha história… [porém] eu ainda tenho [a parte do meu álbum de músicas agitadas.“, declarou a diva em entrevista sobre o projeto.

Já em 2009, um ano após o lançamento original do disco, colhendo os frutos de um trabalho excepcional, Beyoncé levou a melhor no Grammy nas categorias “Música do Ano”, com a icônica “Single Ladies”. Além dessa, a intérprete norte-americana faturou mais cinco gramafones na mesma noite.

Qual a sua favorita do “I Am… Sasha Fierce”? Continue a conversa direto das redes sociais do Portal Famosos Brasil. Esperamos por você!

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<