#BBB21: Anitta compara ataques a Lucas Penteado com cancelamento na vida real

#BBB21: Anitta compara ataques a Lucas Penteado com cancelamento na vida real

Foto: Reprodução/Globo

Anitta usou seus Stories do Instagram para falar sobre o comportamento da cantora Karol Conká do Big Brother Brasil 21. A carioca confessou que ficou angustiada com as atitudes de Karol com o ator Lucas Penteado.

Ela resolveu até dar um tempo de assistir o programa, mas fez um alerta que esse tipo de situação é bem mais comum que as pessoas imaginam, especialmente nas redes sociais, o famoso “cancelamento”.

Recentemente Anitta deixou de seguir Karol nas redes sociais, nos stories a artista não falou mal da rapper, mas disse que tem se surpreendido com a repulsa ao linchamento público de um ser humano.

“Eu estou tão surpresa quanto vocês com algumas atitudes, porém uma coisa é muito curiosa. Estou vendo a internet inteira condenar e repudiar o comportamento que é exatamente o comportamento do cancelamento que as pessoas fazem na internet. Não que eu apoie, está me dando agonia, uma angústia de assistir. Mas galera, essa atitude de se juntar para linchar alguém é a atitude que a internet tem o tempo inteiro com qualquer ser humano que erre”, começou Anitta em uma série de vídeos.

“Vocês transformam a vida da pessoa um inferno por um erro, uma característica, se a pessoa não é o que esperavam que fosse. Então está sendo muito curioso pra mim ver a internet repudiar um comportamento que é o comportamento da internet hoje em dia: se juntar para linchar, para isolar, fazer um terror psicológico na cabeça de alguém por conta de um erro. É horrível de assistir, né? horrível a gente ver alguém passando por isso, mas é isso que o cancelamento faz com as pessoas, é isso que a internet, os usuário vem fazendo com todas as pessoas que erram. É ruim assistir, né? Dói, né? Pois é. Por que não dói quando é na internet? Porque na internet também dói… É a mesma coisa que a gente está vendo aí”, continuou.

“No início estava todo mundo da Juliette. Aí depois de alguns minutos, outro dia, estava todo mundo falando mal dela, que ela era invasiva, sem noção. Só que aí quando esse grupo da casa se juntou para fazer o mesmo que vocês da internet estavam fazendo com a menina, aí vocês não gostaram. Que loucura. O Lucas fez toda aquela loucura na festa, super errada a postura, todo mundo na internet estava começando a atacar ele e quando as pessoas de dentro da casa começaram a fazer o mesmo que as pessoas da internet, aí todo mundo viu o quanto isso é triste, doloroso e foram pro outro lado imediatamente.” A carioca falou de como a situação de Juliette e Lucas foi rapidamente invertido nas redes sociais.

Ela continuou: “Não estou passando pano, não concordo, estou achando triste, doloroso assistir. Só que estou achando um grande estudo para as próprias pessoas da internet verem como é ruim você fazer isso com o outro, não é só porque ali é vida real que doi mais, na internet também doi”.

Anitta ainda relembrou os muitos cancelamentos que teve na carreira. “Eu que já passei por esses linchamentos e isolamentos que iniciam na internet, já tem quase 10 anos que passei por isso, me acostumei e não me atinge mais, mas é triste que eu tenha me acostumado porque não era para eu estara acostumada com um negócio desse porque é um sentimento ruim. A internet está assistindo que ela mesma faz com as pessoas, que é linchar, isolar. Prazer internet, esses são vocês. Essa é a internet com as pessoas que erram. Horrível, né? Pois bem, espero que depois disso o mundo aprenda.”

“E o que vocês tão fazendo com a Karol Conká é o mesmo que ela está fazendo com o cara lá dentro. Não estou passando pano pra ela. Estou triste, não esperava, estou inclusive com medo pensando será que ela falava mal de mim sendo que eu adorava muito ela? Enfim, quando ela vai sentir na pele tudo o que ela fez com as pessoas que estão lá dentro porque é o que vocês estão fazendo com ela e espero que ela aprenda com os erros”, finalizou Anitta.

Confira o vídeo na integra:

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<