Baixista que trabalhou com Lady Gaga dá show de homofobia na internet ao falar sobre novo videoclipe de Lil Nas X

É gente, parece que o novo videoclipe do Lil Nas X incomodou bastante gente, principalmente por ser uma era aonde o rapper vai falar mais abertamente sobre sua sexualidade como homem queer.

“MONTERO: Call Me By Your Name” teve sua estreia nesta madrugada (27) e já chegou quebrando a internet pela cenas polêmicas contidas na produção, tendo seu ápice o momento em que Lil dança no colo do Diabo. Sinistro né?

>>> Com apenas 666 pares, Lil Nas X anuncia “Air Max Satan Shoes” em parceria com a Nike

Mas teve gente que não só detestou como se ofendeu com a produção de Montero. O baixista de Jonny Gooood acabou falando demais em suas redes sociais ao dizer que Lil Nas estava “forçando” uma agenda gay. Segundo o profissional que já trabalhou com Lady Gaga em grandes espetáculos como a “Born This Way Ball Tour” e o Super Bowl da cantora aconselhou seus seguidores a não assistirem o clipe, pois ele estaria cansado de ver as pessoas utilizando sua “preferência” sexual em seus trabalhos.

>>> “MONTERO”: novo videoclipe de Lil Nas X é a celebração de liberdade; entenda a produção

Durante o vídeo, Jonny diz:

“Vou lavar meu cérebro com sabão depois de assistir aquela p** de vídeo do Lil Nas X. (…) meu Deus. Não assistam àquele vídeo. Não vão assistir àquele vídeo. Não sei porque a preferência sexual é tão prevalente na música, porque a agenda de orientação sexual na música é tão correlacionada? Não entendo”

Rapidamente os vídeos do baixista viralizaram e após ser atacado por fãs de Lady Gaga, Jonny desabilitou ou teve sua conta do twitter retirada do ar.

Assista o vídeo:

>>> Já segue o PFBR no Facebook? Não? Tá perdendo varias novidades. Deixa seu like!

>>> Sabia que a gente tá comentando tudo sobre BBB no Twitter? Vem!