#AqueceGrammy: Dez artistas que nunca ganharam um prêmio

A 62ª edição do Grammy Awards, o “Oscar da Música”, como é conhecido, acontece no próximo domingo (26 de janeiro). A edição, que presenteia os destaques musicais do ano nos mais diversos segmentos, promete ser inesquecível para os fãs da música pop. Como destaque, nesse ano, temos os jovens Billie Eilish, Lizzo, Lil Nas X e Ariana Grande, que dominam a lista de indicados.

Para fazer o aquecimento da premiação, o Portal Famosos Brasil traz para vocês momentos icônicos e memoráveis de anos anteriores em uma série de listas especiais. Ao amantes da música, especialmente do pop, aproveitem a nostalgia.

Nessa lista, trouxemos os artistas mais injustiçados pelo Grammy Awards que nunca ganharam, sequer, uma estatueta.

Katy Perry

Certamente é a primeira artista que pensamos quando falamos dos injustiçados pela Academia do Grammy Awards. Katy Perry sustenta uma carreira de sucesso, cheia de hits e músicas memoráveis e, mesmo assim, parece não ser o suficiente para levar uma estatueta para casa. A hitmaker era uma das que sustentavam maiores expectativas para vencer um prêmio nos anos de 2011, 2012, 2014 e 2015. Katy perdeu o Album Of The Year para Adele, em 2011, e Song Of The Year para Lorde, em 2014. Além disso, os fãs esperavam ao menos uma indicação para “Never Really Over” neste ano.

Ao todo, Katy Perry recebeu 13 indicações ao Grammy.

Nicki Minaj

É inacreditável pensar que a Rainha do Rap não tem sequer um Grammy. Nicki Minaj é uma das principais intérpretes que levam o rap para o público feminino e abrem portas para outras. No entanto, o Grammy parece não considerar o fato dela dominar um gênero quase todo preenchido por facetas masculinas. Em 2012, Nicki perdeu o prêmio de Best New Artist para Bon Iver e, em 2016, onde todos acreditavam que ela iria vencer o Best Rap Album com o “The Pinkprint”, a queen o perdeu para Kendrick Lamar.

Ao todo, Nicki Minaj recebeu 10 indicações ao Grammy.

Sia

A talentosíssima Sia caiu nos olhos da Academia do Grammy em 2013, com “Wild Ones”, sua colaboração com o rapper FloRida. A cantora, que começou uma carreira de sucesso desde aí, nunca teve o gosto de pegar um gramofone em mãos. Sua maior chance foi em 2015, quando “Chandelier” concorria em quatro categorias, incluindo Record e Song Of The Year. Sia perdeu ambas para Sam Smith e seu hit “Stay With Me”.

Ao todo, Sia recebeu 9 indicações ao Grammy.

Jennifer Lopez

Muitas críticas surgiram nos últimos anos pelo fato do Grammy esnobar os artistas latinos (e de outras regiões do mundo, vide artistas de KPop). Temos aqui um dos maiores – senão o maior – exemplo de injustiça por regionalidade: a grande cantora Jennifer Lopez nunca teve a honra de ser contemplada com um Grammy. Foi indicada somente nos anos de 2000 e 2001, mesmo fazendo sucessos absurdos na década. Alguns hits da diva que não ganharam sequer uma indicação foram “On The Floor”, “Get Right” e “Dance Again”. Ainda assim, o que mais choca é o número de indicações totais em sua carreira e, o que provavelmente a deixou conhecida na premiação, foi seu look icônico em 2001.

Ao todo, Jennifer Lopez recebeu somente 2 indicações ao Grammy.

Miley Cyrus

A “garota rebelde” da Disney, como é conhecida pelo olhar da maioria, Miley Cyrus parece não agradar muito a bancada do Grammy. Seus hits “We Can’t Stop” e “Wrecking Ball”, que marcaram a década de forma única, passaram despercebidos pelo olhar da Academia que a ignorou. O álbum “Bangerz” recebeu uma indicação em 2015 na categoria Best Pop Vocal Album, mas perdeu para Sam Smith, que levou quase todas as categorias principais.

Miley Cyrus acumula só 1 indicação ao Grammy em toda sua carreira.

Selena Gomez

Outra ex-act da Disney injustiçada é Selena Gomez. A cantora tem quatro álbuns solo, coleciona bons hits em sua carreira, como “Same Old Love”, “Come And Get It” e “Good For You” e nunca fora reconhecida pela Academia do Grammy Awards. Resta saber se o seu mais novo álbum, o “Rare”, entrará na lista de indicados do próximo ano. Qualidade não falta!

Selena Gomez não recebeu nenhuma indicação do Grammy em toda sua carreira.

Avril Lavigne

A rainha do rock no início dos anos 2000 também tem seu espaço aqui. Foi indicada somente a duas edições do Grammy, ainda no ápice de sua carreira. Na edição de 2003, Avril Lavigne foi indicada a cinco categorias, incluindo Best New Artist e Song Of The Year, com “Complicated”. A cantora perdeu ambas categorias para Norah Jones. Nem mesmo o seu trabalho mais recente e pessoal, “Head Above Water”, teve reconhecimento.

Ao todo, Avril Lavigne recebeu 10 indicações ao Grammy.

Demi Lovato

Outra ex-act famosa ignorada pelo Grammy, Demi Lovato já provou ter talento o suficiente para ter, ao menos, um prêmio. Entretanto, não sabemos o que a Academia acha dos trabalhos da diva, já que a maioria passa despercebido por seus olhos. Demi já sustenta seis álbuns de estúdio em sua carreira e alguns hits como “Sorry Not Sorry” e “Give Your Heart A Break”. Seu álbum “Confident” foi indicado em 2017 na categoria Best Pop Vocal Album, mas perdeu para Adele. Ao que parece, sua incrível extensão vocal não impressiona os membros da bancada do Grammy.

Demi Lovato teve 2 indicações ao Grammy em toda sua carreira.

One Direction

Desde que surgiu no The X Factor, o One Direction conquistou o coração das garotas adolescentes, até que, logo após Zayn deixar o grupo, decidiram dar um tempo e cada um seguiu seu rumo. Quando estavam juntos, no entanto, vários hits assolaram a carreira da boyband e os renderam bons e grandes prêmios – menos o Grammy. “Story Of My Life” e “You & I” foram grandes canções que se esperavam brilhar na premiação, mas não aconteceu.

O grupo não conquistou nenhuma indicação ao Grammy em sua carreira, nem mesmo os integrantes em carreira solo. Será que Harry Styles vai quebrar essa ‘zica’ de indicações no próximo ano com o seu ótimo álbum “Fine Line”?

Outros Artistas

Os listados acima não foram os únicos injustiçados. Há também aqueles que ganharam bem menos prêmios do que mereciam (Kylie Minogue, Mariah Carey, Madonna) e outros que também nunca tiveram o gostinho de pegar um gramofone e chamar de seu. Dentre esses nomes, podemos citar Snoop Dogg (16 indicações), Diana Ross (12 indicações), Björk (15 indicações) e Queen (4 indicações).

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets