Após carta de desabafo contra a indústria da música, Lana Del Rey anuncia novo álbum para setembro

Nesta quinta-feira (21), a cantora Lana Del Rey publicou uma carta nas redes sociais desabafando sobre misoginia na indústria musical e aproveitou para anuncia novo álbum para 5 de setembro.

Em um trecho ela escreve: “Agora que Doja Cat, Ariana, Camila, Cardi B, Kehlani, Nicki Minaj e Beyoncé conseguiram #1 cantando sobre ser sexy, ficar nua, posso por favor voltar a cantar sobre minhas músicas sem ser crucificada?”.

Confira a tradução na integra:

Questão de cultura:

“Agora que várias cantoras tiveram músicas #1 falando sobre ser sexy, sem usar roupas, fodendo, traindo e etc, posso voltar a cantar sobre se sentir bem por estar apaixonada mesmo se o relacionamento não é perfeito, ou dançando por dinheiro, ou o que eu quiser, sem ser crucificada ou dizerem que eu glamorizo o abuso?

De saco cheio de compositoras e cantoras dizendo que eu glamorizo abuso quando, na verdade sou apenas uma pessoa cantando sobre as realidades que todos estamos vendo agora (sobre relacionamentos abusivos no mundo todo). Com todos os tópicos que as mulheres são permitidas a explorar, eu só quero dizer que durante 10 anos tenho achado patético que minhas músicas sobre minhas experiências em relacionamentos submissos, as vezes passivos fizeram as pessoas dizerem que fiz as mulheres retrocederam 100 anos.

Que esteja claro, eu não sou uma feminista (mas não significa que eu seja machista), mas tem que ter um lugar do feminismo pra mulheres que se pareçam e hajam como eu, o tipo de mulher que diz não, mas o homem ouve sim, o tipo de mulher que é autêntica. O tipo de mulher que tem suas vozes roubadas por mulheres mais fortes ou por homens que odeiam mulheres.

Tenho sido honesta e otimista sobre os relacionamentos desafiadores que tenho tido. Novidade! É assim que tem sido para muitas mulheres! E minha experiência foi triste na época que minhas músicas foram feitas. Então eu só quero dizer que foram 10 anos de reviews de merda até recentemente, e tenho aprendido muito com elas”. – publicou.

Além do álbum, a cantora também anunciou os seus dois livros de poesias para o início de setembro.