Apenas seis colaborações femininas alcançaram o topo da Hot 100 na história; saiba quais

Hoje (11), a principal parada de singles do mundo, a Billboard Hot 100, teve mais um momento histórico. Pela primeira vez em sua existência, uma dupla de rappers femininas alcançou o cobiçado primeiro lugar. Nicki Minaj e Doja Cat se uniram no remix da faixa viral “Say So”, e assim garantiram a tão almejada posição, pela primeira vez em suas carreiras.

Diversos feitos foram alcançados pelas duas. Além de ter se tornado a primeira parceria de duas rappers a atingir o #1, Minaj ainda estendeu seu recorde de mais top 10 por uma rapper feminina (18), entre outros. Além disso, a canção é apenas a sexta colaboração entre mulheres a conquistar a primeira colocaçãona parada.

Antes de “Say So”, “Fancy”, parceria entre Iggy Azalea e Charli XCX, lançada em 2014, se tornou o primeiro e único e hit número #1 de ambas, tendo permanecido no primeiro lugar por sete semanas. Rihanna e Britney Spears também se uniram em um remix, o de “S&M”, e conquistaram o #1 por uma única semana, em 2011. Mais cedo, em 2001, Christina Aguilera, Lil’ Kim, Mya e P!nk se juntaram para a nova versão de “Lady Mamalade”, trilha sonora do filme “Moulin Rouge”, e alcançaram o topo do ranking por cinco semanas. Em 1998, Brandy e Monica lançaram o dueto “The Boy Is Mine”, tendo alcançado o #1 por impressionantes 13 semanas. Já em 1979, era a parceria das gigantes Barbra Streisand e Donna Summer que subia ao topo do pódio por uma única semana.