"Vocês fazem tanto por mim e eu infelizmente não posso ajudar", Kesha chora e desabafa nas redes sociais

O julgamento para Kesha conseguir a liminar e lançar canções inéditas sem Dr. Luke foi adiado para o dia 19 de fevereiro, por motivos de tempo nos Estados Unidos – já que lá nesta época do ano é inverno.

E assim, a cantora usou as redes sociais para desabafar mais uma vez sobre a pressão que sente a respeito de seu dilema, e também sobre estar de “mãos atadas” e não poder ajudar os fãs, que estão fazendo mutirões ao redor do planeta e mandando mensagens de apoio na internet a cada atualização dela acerca do caso.

Kesha publicou uma foto chorando, com um pequeno texto, falando sobre como não fazer nada no momento é frustrante, tendo que esperar ainda mais para decidir o futuro de sua carreira:

“Lágrimas porque eu sei que meus Animals gastam tempo dinheiro e amor e esforço para vir e me apoiar e eu não posso ajudar de nenhuma maneira. Eu sinto muito. Eu passei a última hora lendo sobre todos e todo o esforço que fizeram para vir [ao protesto] e eu estou com o coração partido e sinto muito. Eu queria poder controlar isso de algum modo mas eu não posso e é tão frustrante…”

O processo aberto pela cantora e sua mãe contra Dr. Luke alega tortura psicológica e também abuso sexual durante o período que eles trabalharam juntos.

Kesha não pode lançar nada sem Luke por conta dos contratos que assinou no começo de sua carreira com a Sony.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets