#SonyApoiaEstupro – Fãs de Kesha se revoltam nas redes sociais com derrota judicial da cantora

Se você esperava ouvir músicas novas de Kesha este ano, vai ter que se segurar mais um pouquinho.

A cantora pop se meteu numa enrascada ao denunciar seu ex-produtor, Dr. Luke, em 2014 alegando ter sofrido abusos sexuais, físicos, verbais e emocionais, o que levou o réu, que segundo fontes seguras realmente tratava sua protegida da pior forma possível, a processá-la de volta por calúnia e difamação.

Hoje (19) Kesha batalhou para se livrar de uma liminar que a impedia de lançar qualquer material que não estivesse ligado a Luke, mas perdeu.

“O pedido de Kesha pela liminar foi negado. Não há mostra de dano irreparável. Foi dada a ela a oportunidade de gravar músicas.” Publicou jornalista no Twitter.

Agora, enquanto o caso de abuso não for selecionado e julgado perante a lei, ela continuará impossibilitada de dar sequência à própria carreira.

Os fãs da artista, chamados “animais”, levantaram nas redes sociais a hashtag #SonyApoiaEstupro.

O último disco de Kesha, Warrior, foi lançado em 2012.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<