Panic! at the Disco derrota Adele e consegue primeiro álbum número #1 com "Death of a Bachelor"

A disputa foi acirrada, mas Brendon Urie conseguiu vencer a imponente Adele e fez com que o novo álbum de sua “banda”, que atualmente é protagonizada quase que unicamente por ele, estreasse no topo da Billboard 200.

Death of a Bachelor é o primeiro disco do Panic! at the Disco a chegar ao número #1 na tabela.

death

Anteriormente, Urie havia chegado à 2ª posição com Too Weird to Live, Too Rare to Die (2013), à 7ª com Vices & Virtues (2011), à 2ª novamente com Pretty. Odd. (2008) e à 13ª com o CD de estreia, A Fever You Can’t Sweat Out (2006). E as boas notícias não param: as vendas do disco também são as maiores que o rapaz já viu numa semana de estreia.

Mais de 190,000 cópias foram comercializadas, batendo as 139,000 que Pretty. Odd. – que detia o recorde – havia vendido em março de 2008. Notavelmente, o desempenho também é incomparavelmente superior ao do último lançamento, que se contentou com a vice-liderança da parada vendendo 84,000 cópias (o total já se acumula em torno de 407,000).

O disco já conta inclusive com cinco hits Top 20 no chart de rock: Hallellujah (#3), Victorious (#7), Emperor’s New Clothes (#5), LA Devotee (#15) e Don’t Threaten Me With a Good Time (#10).

Abaixo da banda de um cara só está Adele, que vendeu 147,000 unidades de 25, e Justin Bieber, cujo último disco Purpose movimentou 91,000 cópias na última semana. Se despedindo do número #1, Blackstar do finado David Bowie desceu três casas e se encontra na 4ª posição.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets