Lorena Eltz fala sobre o maio roxo e falta de espaço para conscientizar sobre doenças intestinais: “infelizmente aqui no Brasil acaba sendo mais esquecida”

Especialmente no mês de maio, a influenciadora PCD Lorena Eltz dedica seus conteúdos na internet para a conscientização das pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce das doenças inflamatórias intestinais. A gaúcha é a porta voz de uma geração que luta por acessibilidade no Brasil. Ainda na infância, recebeu o diagnóstico de uma doença que não tem cura, a doença de Crohn, e usa seu espaço para falar sobre a importância de campanhas de conscientização, como o “Maio Roxo” e o dia 19 de maio.

Essa é uma data mundial, mas infelizmente aqui no Brasil acaba sendo mais esquecida, não temos muitas pessoas que falando sobre a sua doença na internet e isso acaba diminuindo a força da campanha. Apesar disso, sei que, para quem nos assiste é o momento mais importante do ano, o momento em que muita gente procurar tirar suas dúvidas e já recebi muitas mensagens de pessoas que chegaram no meu perfil nesse mês e acabaram descobrindo que tinham a mesma doença. É uma campanha com informação que acaba mudando vidas, ajudando as pessoas a procurarem um médico. Eu sempre reforço nos vídeos de maio que a campanha é o ano todo, estarei sempre falando isso pra tentar ajudar sempre.”

As doenças inflamatórias intestinais já afetam 10 milhões de pessoas no mundo. A doença de Crohn e a retocolite, mais comuns entre os brasileiros, afetam cerca de 80 indivíduos para cada 100 mil habitantes.

Nas redes sociais a influenciadora reúne milhares de seguidores nas diversas plataformas de interação com os internautas. No Instagram têm mais de 620 mil seguidores, já em seu canal de vídeos no YouTube conta com 355 mil inscritos e quase 60 milhões de views nos vídeos que são publicados desde 2020.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets