Justin Bieber é acusado de apropriação cultural após uso de dreadlocks

Justin Bieber é acusado de apropriação cultural após uso de dreadlocks

Justin Bieber segue com os projetos de divulgação de seu novo álbum de estúdio, o “Justice” e após ter feito um sucesso absoluto com a faixa “Peaches” no Spotify, JB não tem o que reclamar de como o disco está progredindo. 

Mas infelizmente Justin se envolveu em uma polêmica que inclui acusações de apropriação cultural pelo uso de dreadlocks, estilo comumente utilizado e por pessoas negras e que se tornou símbolo do movimento rastafari, difundido pelo cantor de reggae jamaicano Bon Marley, apesar de não ter sido o criador da cultura.

A imagem do penteado de Bieber foi postada no Instagram e recebeu imediatamente diversos comentários negativos. “Você não disse que estava se educando sobre a cultura negra, então o que é essa tolice?”, escreveu um seguidor.

Justin Bieber é acusado de apropriação cultural após uso de dreadlocks

Outro fã fez uma declaração em apoio ao cantor mas o alertou sobre a questão de apropriação: “Justin, por favor se eduque em relação a cultura negra e apropriação cultural. Você não deveria usar dreads. Te amo”.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que Justin se envolver em questões de apropriação cultural. Em 2016, Justin foi novamente acusado de apropriação cultural pelo uso de dreads.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<