Há oito anos, Whitney Houston, uma das maiores vozes do mundo da música, nos deixava

Nascida na Nova Jérsei e conhecida como “A voz” ou “Rainha da balada” Whitney Houston era dona de uma voz super potente, dando destaque aos seus melismas e vibratos. A cantora é um dos maiores destaques do cenário musical de todos os tempos. Responsável por diversos recordes a artista se consagrou como umas das mulheres que lutou contra o machismo e ocupou o primeiro lugar em diversas paradas e premiações que apenas eram ocupadas por homens.

Álem de fazer história como melhor vocalista, Whitney foi nomeada em 2009 pelo Guinness World Records, como a artista mais premiada de todos os tempos, hoje a artista perdeu o posto para o Michael Jackson, e se encontra na terceira posição, atrás de Beyoncé. Em sua lista de prêmios temos Emmy´s, Grammys, Billboard Music Awards e vários American Music Awards com um total superior a 650 prêmios conquistados em sua carreira. A cantora támbem foi uma das artistas mais bem sucedidas no mundo da música vendendo mais de 300 milhões de cópias mundialmente.

É dificíl dizer quais os maiores sucessos da cantora, mas seus grandes destaques estão em “ I Will Always Love You” presente na trilha sonora de “Titanic”, á música hoje possui mais de 905 milhões de visualizações no Youtube, Temos também “I Have Nothing” e “One Moment in Time”, que foi lançado como single em 1988 como a canção dos Jogos Olímpicos daquele ano.

Em 1994 a cantora fez a sua primeira e única passagem pelo Brasil, a cantora se apresentou em São Paulo no Morumbi para mais de 30 mil pessoas, Após a apresentação na capital paulista a cantora seguiu para o Rio de Janeiro onde também realizou um show. Confira um trecho do Live in Rio:

Em 11 de fevereiro de 2012 com 48 anos, o mundo parou diante de uma notícia trágica, Whitney Houston havia sido encontrada morta na banheira de um quarto no hotel Beverly Hilston. Mais tardeo Departamento de Medicina Legal de Los Angeles anunciou que a causa oficial da morte da artista fora afogamento acidental e uma overdose. Vale lembrar que a cantora morreu um dia antes da noite de premiação do Grammy, onde houve uma homenagem à ela.

Sobre o autor: /

De Minas para São Paulo, de SP para o mundo. 19 anos, Jornalismo. Insta:(@lucasluanduraes)