Há 10 anos, Rihanna lançava "Rated R" como um divisor de águas em sua carreira e vida pessoal

Depois de um episódio conturbado em sua vida, muitas pessoas questionavam o que seria da carreira de Rihanna daqui pra frente, se ela desistiria de cantar ou iria seguir em frente. Eis que a cantora mostrou-se capa de encerrar um capítulo e apresentar ao mundo uma nova mulher.

    Ao lançar seu quarto álbum, “Rated R“, a artista trouxe a tona um lado mais sombrio e obscuro, jamais explorado antes. Com letras mais fortes o disco se tornou o favorito dentre seus fãs devido sua autenticidade.

    Que atire a primeira pedra quem nunca ficou impactado logo com a primeira faixa, “Mad House” convida as pessoas para uma viagem no subconsciente da cantora para entender melhor todo o disco.

    Além dos singles mais conhecidos como “Russian Roullete“, “Te Amo“, “Rockstar 101” e “Rude Boy” o álbum tinha outras faixas foram tão bem recebidas que nem foi necessário se o tratamento de single como “Photographs“, “Cold Case Love“, “The Last Song” e a icônica “G4L“, faixa que deu origem ao nome da fãs base “Rihanna Navy“.

    Rendendo grande elogios pela crítica o álbum teve três músicas no top 10 da Billboard Hot 100, dentre elas o mega hit “Rude Boy“, além de se tornar 2x platina nos EUA e no Reino Unido.

    Se é difícil escolher um álbum favorito, imagina escolher a faixa favorita, conta pra gente nas nossas redes, qual a música que você mais ama desse disco tão perfeito.