"Ela está livre para fazer o que quiser" – Advogada de Dr. Luke chama Kesha de mentirosa

Com o processo de Kesha contra Dr. Luke rolando a todo vapor, desta vez com clamor público e apoio de artistas de peso, os advogados do produtor da Sony parecem ter entrado na defensiva.

kesha

Kesha chorando no tribunal ao saber do resultado de sua liminar

Mesmo que a juíza de Nova York tenha se mostrado favorável à gravadora e sua galinha dos ovos de ouro, que compôs inúmeros sucessos para os mais variados artistas, e não permitido que Kesha se liberte do contrato que a obrigaria a gravar mais seis álbuns nas mãos de seu abusador, a representante de Luke, Christine Lepara, parecia preocupada. Tanto é que chamou Kesha de uma “total mentirosa”:

“A Suprema Corte descobriu sexta que Kesha está ‘livre’ para gravar músicas sem Luke como produtor se ela quiser”, publicou num novo documento oficial, “Qualquer reivindicação de que ela não está livre é um mito.”

Já com relação às acusações de estupro e abuso, Lepara negou em nome de seu cliente, afirmando que Luke já disse repetidamente que as alegações contra ele são falsas e mentiras inventadas para próprio benefício de Kesha. Que, segundo ela, quer extorquir dinheiro de se ex-produtor.

“Kesha e seu time submeteram Luke e sua família a julgamento pelas redes sociais, usando uma campanha pública para arruinar sua reputação para ganhos financeiros.” Lepara pronunciou.

Os advogados de Kesha ainda não rebateram as acusações.