Conheça Zé André, mentor por trás do sucesso de famosos como Ludmilla, Renato Aragão e Minotouro

Conheça Zé André, mentor por trás do sucesso de famosos como Ludmilla, Renato Aragão e Minotouro

Será que existe fórmula do sucesso para vencer uma luta, prosperar nos negócios, ou até estourar uma música? Para a maioria das pessoas a resposta dessa pergunta seria apenas que não. Alguns, talvez, arriscariam até dizer que treino e dedicação, mas para Zé André, o segredo existe sim, é bem simples e atende pelo chamado de Mentoria. E não podemos negar que ele tem propriedade no assunto. Pai, marido, empresário, master coach, advogado, mentor e palestrante, Zé André, de 50 anos, é hoje o responsável pela direção de quatro das 40 unidades da Febracis, a maior Instituição de Coaching do mundo, e coleciona em seu currículo cases de sucesso com grandes nomes empresariais, do esporte e da música, como, Ludmilla, Rogério Minotouro, Warlley Alves, Natalia Guitler, Elber, entre outras dez mil pessoas, que confiaram no seu trabalho para melhorarem suas performances.

“Como mentor, eu busco extrair a melhor versão dessa pessoa. Todos nós temos várias dentro da gente, a nossa melhor e a nossa pior. Então eu procuro na linha do tempo, a melhor versão, a melhor fase, o melhor ano e reedito isso. Na verdade, crio condições para que essa pessoa possa reeditar aquelas condições que fizeram com que ela tivesse a mais alta performance da história dela. Reedito no presente, potencializo as qualidades dessa pessoa e a gente vê as necessidades que precisam ser desenvolvidas, ou seja, as competências que precisam ser trabalhadas. Porque a alta performance é todo o potencial da pessoa, menos interferência. Eu entendo quais são as interferências, aquilo que faz com que a performance da pessoa diminua, e a gente blinda dessas interferências externas e internas para que a pessoa possa viver a sua melhor performance”, explica Zé André sobre as características que o tornaram o Mentor com resultados mais consistentes e tangíveis do Brasil.

Mas embora hoje se defina como um profissional realizado, até pouco tempo atrás não acreditava que seria este o caminho que seguiria. Formado em direito, chegou a ser empresário de vários segmentos com seu pai, um imigrante português. Além de atuar como executivo de multinacional, onde consolidou sua experiência em Gestão de Pessoas e Negociação Avançada. “Quando vi a necessidade de ter um conhecimento adjacente e entendi que eu estava limitado ao meu, que crescimento empresarial que queria, dependia de um conhecimento que eu não tinha. Que eu precisava de pessoas que estavam no mesmo caminho que o meu, ou que já tinham chegado aonde eu queria chegar. Passei a entender que toda pessoa bem-sucedida tem um mentor. Na verdade, todos tem um mentor. As pessoas acham, mas tem. Pessoas não mentoriadas, há uma troca a todo momento. Quando percebi tudo isso, decidi procurar as melhores influências, pessoas que tinham não só as ambições parecidas, mas com características e resultados dos quais eu também queria alcançar”, lembrou ele sobre como começou a perceber sua vocação.

E continuou: “Em 2013 fui fazer um curso em Fortaleza. Na verdade, bem contrariado, eu não queria fazer. Achava isso uma balela. Trabalhava numa multifuncional na época. Fui com o intuito de passear e jogar futevôlei. E lá eu tive uma revelação, propriamente dita, que aquilo ali era o meu propósito, a minha missão na vida. E busquei informações para trazer isso para o Rio de Janeiro. Não foi fácil, mas acabei saindo da empresa e trazendo a Febracis para o rio de Janeiro, alguns anos depois. Conclui todos os cursos dessa empresa. Hoje, sou Eu sou um cara extremamente realizado. Meu maior sonho é ter uma carreira internacional consolidada. Os primeiros passos para isso já foram dados, pois eu já atendo alguns atletas em Portugal e no Oriente Médio. Elevando atletas, executivos e artistas a carreiras internacionais, com resultados gigantes, extraordinários. Esse é o meu maior objetivo”, completa.

Especialista em perfis comportamentais, Zé desenvolveu sua própria metodologia, o “Método PMA” (Preparação Mental para Atletas), método consolidado com atletas de alta performance, que busca modelar a mentalidade de seus mentorandos para atingir a alta performance e elevar os resultados. “Como eu sou um cara do esporte, saber que, principalmente no UFC, que é um esporte que tem que ter um vencedor, peguei três atletas dessa modalidade que é o topo de qualquer atleta de arte marcial e vindo de três derrotas, na quarta derrota eles seriam desligados do UFC. Então o Rogerio Minotouro, o Warlley Alves e a Vanessa Melo, com a mesma história e todos saíram vencedores. Teve o caso do Elber, jogador do Bahia, que começou comigo num momento não muito bom de sua carreira, e nós estipulamos uma meta para que ele fosse para o Japão. Meta de resultado e de salário, e foi exatamente o que aconteceu, do jeito planejamos. Wagner Alves também, outro atleta que atendi, queria ir para o Catar, e bateu a meta na nona sessão que eu estava com ele. E agora, na área artística, estamos com a Ludmilla, já há um tempo e acho que é notório a melhora do resultado dela em todos os sentidos. São vários casos e todos ele me orgulha muito no esporte, na área business, empresarial, artística”, concluiu, o mentor que comanda as unidades da Febracis no Rio de Janeiro, Niterói, Juiz de Fora e Lisboa.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<