Após perder processo de injúria racial contra Val Marchiori, Ludmilla responde: “Não vou desistir”

Após perder processo de injúria racial contra Val Marchiori, Ludmilla responde: “Não vou desistir”

Ludmilla e seus fãs foram pegos de surpresa nesta sexta-feira(26) após o juiz que julgou o processo de Ludmilla, entendeu que que a socialite Val Marchiori exerceu sua “liberdade de expressão” em rede nacional ao comparar o cabelo de Ludmilla com uma marca de palha de aço, comparação considerada completamente racista por pessoas pretas.

A intérprete de “Rainha da Favela” venceu o processo em duas ocasiões, sendo elas em 2018 e 2020, mas mesmo assim Val Marchiori recorreu à decisão judicial e teve recurso acatado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, segundo a coluna Erlan Bastos EM OFF.

>>> Entenda o verdadeiro conceito do clipe de “Pra Te Machucar”, novo single de Ludmilla e Major Lazer

Ludmilla ficou completamente chocada com a decisão da justiça e disparou: “RACISMO NÃO É LIBERDADE DE EXPRESSÃO”. A cantora revelou que não vai desistir do processo e também vai recorrer da decisão.

Ludmilla falou sobre como as pessoas relativizam a injúria racial e o racismo, quando epssoas argumentam basta processar quem disferiu as ofensas:

“Sofreu racismo? Fácil. Vai lá e denuncia” “Lugar de racista é na cadeia” “Vocês reclamam demais, é só ir pra justiça” Vocês percebem agora que não é fácil como parece? Essa não é a primeira, segunda ou terceira denuncia que eu faço. Eu também não sou a primeira a passar por isso e infelizmente não sou a única. Eu não me faço de vítima não. Eu sou! Tá provado. Mas a estrutura desse país é tão racista, que eles tem a audácia de recorrer e ainda por cima comemorar vitória no Instagram. Mas quer saber? Eu NÃO VOU PARAR. E não é só por mim não! Uma hora as coisas vão ter que mudar. E no que eu puder usar a minha visibilidade pra ajudar nessa mudança, eu juro pra vocês que eu vou!

Ainda não se sabe quais são os próximos passas que Ludmilla tomará judicialmente em relação ao ocorrido.

Relembre a comparação de Val Marchiori:

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<