Após apoiar o presidente do Brasil, Andressa Urach é desconvidada de programa de Tatá Werneck

Após apoiar o presidente do Brasil, Andressa Urach é desconvidada de programa de Tatá Werneck

Em nome do presidente Jair Bolsonaro, Andressa Urach se envolveu em uma polêmica essa semana e parece que isso repercutiu mal no meio televisivo. Isso porque a modelo foi desconvidada do programa “Lady Night”, apresentado por Tatá Werneck.

Segundo o site Notícias da TV, do UOL, a produção do programa do Multishow, junto da apresentadora, entraram em consenso e optaram por retirar a participação de Urach. As justificativas foram de que Andressa poderia usar o talk show para propagar alguma fake news ou demonstrar apoio ao presidente, chamado de “panfletagem política” pelo site.

>>> Andressa Urach sai em defesa do presidente e critica Anitta: “vai rebolar o bumbum que disso você entende”

As fontes afirmam que a produção do “Lady Night” apenas comunicou a ex-A Fazenda de que as gravações haviam sido suspensas e que retornariam assim que fechassem uma nova data. Porém, as ordens internas é de que esse convite não aconteça nessa temporada.

A participação de Andressa Urach foi cogitada após a vice-miss bumbum romper com a Igreja Universal e expor o que vivenciou nesse período. Segundo as informações, ela estava animada para participar do talk show humorístico, já que seria sua estreia em um programa da grupo Globo.

>>> Segundo plateia, rolou “climão” nas gravações da entrevista de Fiuk para o Lady Night

Essa semana, Urach, bolsonarista assumida, criticou o posicionamento político de Anitta e pediu para a cantora apenas “rebolar o bumbum“, justificando que isso seria o único talento da cantora. Andressa também afirmou que a interprete de “Girl From Rio” critica o presidente da república para se manter na mídia.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<