"Ao menos credite quem realmente fez o trabalho" – Beyoncé é acusada de plágio por "Formation'

O novo clipe de Beyoncé, Formation, saiu hoje de surpresa e já está dando o que falar.

Denunciando a grave hereditariedade de segregação racial nos Estados Unidos, a produção, dirigida pela Melina Matsoukas (S&M, We Found Love), já está causando polêmica na internet, sendo acusada de plágio e reprodução não-autorizada de excertos de um documentário sobre a América negra:

"Ao menos credite quem realmente fez o trabalho" – Beyoncé é acusada de plágio por "Formation'

Captura de tela dos tuítes/ Reprodução: Portal Famosos Brasil

Segundo o diretor, Chris Black, que detonou Formation no Twitter, Melina e Beyoncé usaram trechos recortados de seu filme e não deram os devidos créditos.

Ele, é claro, está furioso com a situação: “ao menos credite quem realmente tem paixão e fez o trabalho.”

Nem a cantora, muito menos seu time responderam ainda às acusações.

Assista ao documentário abaixo:

That B.E.A.T. from Abteen Bagheri on Vimeo.

Atualiação (01:17): Vendo a repercussão das acusações, Melina (diretora) resolveu esclarecer o mal-entendido no Twitter, e, pelo visto, ela adquiriu os direitos de uso da obra para reprodução no clipe sim:

O responsável por That B.E.A.T. já reconheceu os créditos no Twitter e a situação foi abafada.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<