Viktoria Modesta: 'apenas pessoas sem conhecimento me comparariam com Lady Gaga'

Desde que explodiu ainda no final do ano passado por ser uma artista biônica, ou seja, com uma de suas pernas amputadas e o uso de próteses customizadas, Viktoria Modesta vem sendo comparadas com as mais diversas artistas do cenário: e algumas delas são Natalia Kills e Lady Gaga.

Desde quando bombou em 2014 devido ao videoclipe promocional de ‘Prototype’, feito por ela em parceria com a Channel 4 e também exibido no final da última temporada do ‘X Factor – UK’, Viktoria vem dando várias entrevistas, tanto para sites de entrenimento, tanto para revistas renomadas. Desta vez, a cantora resolveu conversar com a ‘Rolling Stone’ da Rússia falando não só sobre sua carreira, mas também as famosas comparações.

page

Quando o jornalista pergunta o que ela acha de ser comparada com Gaga, Modesta responde:

Bom, isso não é surpresa. Uma vasta quantidade de pessoas que não conhecem muitos outros artistas direito como a mim, acaba sendo algo peculiar. Pessoas não familiarizadas com o conceito de cinema ou obras de artistas e designers, logo levam para o lado de alguém com visual semelhante. E a primeira a mente, é claro, vem Gaga. Mais é apenas uma falta de conhecimento.

Cantora também falou de ser vista como um ‘protótipo’ e também o que houve diariamente:

Primeiramente, esta é a primeira vez que uma empresa de televisão (Channel 4), investe em uma artista diretamente como uma gravadora. Ou seja, no verdadeiro sentido, tornei-me uma espécie de um protótipo de modelo. Além disso, a maneira como meu corpo trabalha com meu corpo artificial, também é um protótipo de uma nova fase de evolução, ou seja, uma espécie de ”versão de teste”.

Eu escuto tudo. Mas, por exemplo, quando eu estou atrás do controle remoto, haha, eu costumo colocar Hip-Hop, IDM ou DanceHall- algo com graves profundos, distintos. Mas, na minha infância, era mais os músicos Tupac e The Prodigy. Então… eu tinha 12 anos de idade nisso, embora eu agora esteja feliz em ouvi-los ainda.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets