UÉ? Após suspeitas de fraude, Prefeitura de Minas Gerais cancela show e cache de R$1,2 milhão de Gusttavo Lima

E quem diria que uma tatuagem seria capaz de instalar praticamente um CPI encima do universo sertanejo hein? A Prefeitura de Conceição do Mato Dentro, que conta com pouco mais de 17 mil habitantes, anunciou neste sábado (28) o cancelamento do show do cantor Gusttavo Lima.

O espetáculo iria que iria custar o valor de R$ 1,2 milhão e que seriam pagos pela prefeitura da cidade, acabou sendo cancelado oficialmente após polêmicas de suposta fraude nos valores pagos ao cantor na cidade de São Luiz. Gusttavo iria se apresentar na cidade no dia 20 de junho, durante a 30ª Cavalgada do Jubileu do Senhor Bom Jesus Do Matozinhos.

Segundo informações, o contrato do show do Gusttavo Lima além de ser o mais caro dentre os artistas que iriam se apresentar, ainda previa que a prefeitura pagasse a hospedagem de 40 pessoas da equipe do cantor “no melhor hotel da região”, além de gastos diários de alimentação, fixados em nada menos R$ 4 mil. A prefeitura informou que todos os tramites “foram realizados dentro da legalidade”.

Vale lembrar que a contratação de show de Gusttavo Lima com uso de dinheiro público virou alvo de investigação do Ministério Público de Roraima.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets