Traficante de Mac Miller é detido após acusação de envolvimento na morte do rapper

Nesta quarta-feira (04/09), foi preso o traficante que vendia drogas para Mac Miller. O homem é acusado de envolvimento direto com a morte do rapper, uma vez que essas substâncias foram a causa da morte do americano, por overdose acidental tóxica.

Cameron James Pettit, de 28 anos, é acusado de vender comprimidos de oxicodona falsificados para Miller, que continham o elemento fentanil, 50 vezes mais forte que a heroína.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/ariana-grande-chora-muito-durante-show-da-sweetener-world-tour-na-cidade-natal-de-mac-miller/

O rapper morreu em 7 de setembro de 2018 por uma overdose acidental. A autópsia descobriu que ele tinha fentanil, cocaína e álcool em seu corpo.

Segundo os promotores federais, Pettit concordou em fornecer a Miller comprimidos de oxicodona de 30 miligramas, além de cocaína e xanax. O traficante supostamente fez a entrega nas primeiras horas da manhã de 5 de setembro de 2018.

Agora está nas mãos da justiça americana analisar as informações do processo, para então tomar maiores decisões contra o traficante.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/familia-de-mac-miller-tenta-impedir-documentario-sobre-o-rapper/